Acirramento político: tesoureiro de prefeitura é atingido com espeto no Cariri da Paraíba

Fato foi registrado ontem à noite, durante um evento de campanha. Polícia Civil vai investigar o caso

Foto: reprodução

A temperatura está elevada na sucessão municipal de Prata, cidade do Cariri do Estado. Ontem à noite, durante um evento de campanha, o tesoureiro da prefeitura Raphael César Barros de Freitas foi agredido com um “palito de espeto”. De acordo com a Polícia Civil, o autor da agressão tem 18 anos e foi levado para a delegacia para prestar esclarecimentos. O tesoureiro foi atingido na mão.
“Houve uma situação política de um evento que estava acontecendo na cidade e esse jovem acabou sofrendo essa lesão”, disse ao blog o delegado seccional de Monteiro, Jorge Luís.
Um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi registrado na Polícia Civil. É o primeiro registro, lamentavelmente, de um caso de violência na Paraíba durante a campanha eleitoral deste ano.
Três chapas disputam a prefeitura de Prata. Felisardo Moura, pelo Democratas; Fernando Nunes, candidato pelo PRTB; e Genivaldo Temório, do Cidadania.

Veja também  Justiça manda demolir casas ‘irregulares’ que ocupam 50% de rua de Campina Grande