João Paulo Medeiros

Prefeitura estuda prorrogar 'auxílio emergencial' em Campina Grande

Parte dos beneficiários ainda está recebendo segunda parcela. Benefício é de R$ 400,00

Foto: GETTY IMAGES via BBC

A prefeitura de Campina Grande está estudando a possibilidade de prorrogação do pagamento do ‘Auxílio Emergencial’ municipal, batizado de Programa SuperAção. O programa paga R$ 400,00, em duas parcelas, a aproximadamente 4 mil famílias que passam por dificuldades financeiras na pandemia.
Os pagamentos começaram no fim de abril.

“A gente tá fazendo todo um levantamento. Ainda há parte das pessoas que passou pelo primeiro cadastro, que teve o primeiro cadastro negado e nós abrimos período de recurso. Essa parte ainda está recebendo. Mas concluindo isso estamos estudando uma nova rodada”, adiantou o prefeito Bruno Cunha Lima, em entrevista à imprensa dias atrás.

Conforme a prefeitura, o benefício terá um impacto de R$ 1,6 milhão na economia.
Na primeira etapa puderam receber o auxílio municipal pessoas desempregadas nos últimos 12 meses e que tentaram receber o seguro-desemprego e não conseguiram; além de músicos, motoristas de transporte escolar, artistas, recepcionistas de bares e restaurantes, garçons, vendedores ambulantes, decoradores e cerimonialistas.

Veja também  Justiça arquiva inquérito que citava ex-deputado da Paraíba em ‘Caixa 2’ da Odebrecht