João Paulo Medeiros

Polícia Federal faz operação e prende ex-deputado Roberto Jefferson

Presidente do PTB é acusado de ataques à democracia

Foto: Eduardo Matysiak / Futura Press / Estadão Conteúdo

A Polícia Federal está nas ruas na manhã de hoje e prendeu o ex-deputado Roberto Jefferson. A ordem de prisão partiu do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).
A ordem ocorre dentro do chamado inquérito da milícia digital. Jefferson postou numa rede social que a PF chegou a fazer buscas na casa de parentes pela manhã.

“A Polícia Federal foi a cada de minha ex-mulher, mãe de meus filhos, com ordem de prisão contra mim e busca e apreensão. Vamos ver de onde parte essa canalhice”, escreveu o ex-deputado.

O inquérito que investiga a organização e o funcionamento de uma milícia digital voltada a ataques à democracia foi aberto em julho, por decisão de Moraes.
Nessa investigação, a PF apura indícios e provas que apontam para a existência de uma organização criminosa que teria agido com a finalidade de atentar contra o Estado democrático de direito. Essa organização se dividiria em núcleos: de produção, de publicação, de financiamento e político. Outra suspeita é de que o grupo tenha sido abastecido com verba pública.
*** Com informações do G1

Veja também  Fachin arquiva inquérito que investigava ministro paraibano Vital Filho