Pleno Poder
6 de setembro de 2021
12:41

Ninguém faz 50 anos por acaso…

Matéria por João Paulo Medeiros

O Jornal da Paraíba completou ontem 50 anos de história. E não é qualquer data. Ninguém chega a essa idade por acaso. Nem nós, humanos, muito menos as empresas. A longevidade é sinônimo de muito trabalho, dedicação e, no caso de uma empresa de comunicação, de respeito e credibilidade junto à opinião pública.

>> Veja a página especial dos 50 anos do Jornal da Paraíba

Tenho tido a sorte de contribuir, de forma singela, com essa história.

No meu caso, cheguei ao JP em 2009. Na época a versão impressa percorria todos os dias o Estado. Hoje, o formato digital ultrapassou divisas e fronteiras, mas manteve no JP uma referência em ética, combatividade e cuidado com as informações publicadas.

Ao lado de outros tantos colegas, aqui tenho aprendido um pouco mais sobre a vida e sobre o jornalismo.

E não dá para não lembrar dos ‘puxões de orelha’ de Claudeci Ribeiro, em busca de um texto objetivo e claro; das dicas de figuras como Josusmar Barbosa e Suetoni Souto Maior; e da alegria de ter trabalhado com fotógrafos como Leonardo Silva e Nicolau de Castro nesses anos de história.

Fazer parte desse time e dessa história é gratificante.

O JP chega aos 50 como um menino. Com vitalidade de criança, mas a responsabilidade e a maturidade de sempre… Parabéns ao JP.

João Paulo Medeiros

Jornalista, curioso do Direito, sertanejo e aspirante da ideia de estar a serviço de um mundo mais justo e menos desigual.

Leia também