João Paulo Medeiros

Palanque de Bolsonaro na Paraíba deverá ter ‘baixas’ amanhã

Inauguração de um trecho da obra de Transposição do Rio São Francisco, em junho de 2020. Foto: Alan Santos /PR
Inauguração de um trecho da obra de Transposição do Rio São Francisco, em junho de 2020. Foto: Alan Santos /PR

Dias atrás escrevi sobre como estará o ‘palanque’ do presidente Jair Bolsonaro na Paraíba amanhã, quando ele fará a entrega do último trecho de canal do Eixo Norte da Transposição do São Francisco – em São José de Piranhas, no Sertão.

E me referi às presenças de lideranças políticas aliadas do presidente na comitiva.

É que o ‘palanque’ de Bolsonaro, em terras paraibanas, tem sido sempre eclético – com aliados históricos, parlamentares que fazem a base dele em Brasília e, claro, o time mais raiz e fiel ao presidente.

Veja também  Polícia Federal combate desmatamento na Amazônia, e São Bento, na Paraíba, entra na rota da Operação Hardwood

Pois bem.

No evento de amanhã, faltando um ano para as eleições presidenciais, a expectativa é de ausências na comitiva.

Pelo que apurou o Blog, diferente do que aconteceu em outros momentos, alguns aliados do presidente não irão para São José de Piranhas.

Talvez pelo cenário político estadual, que pode passar por uma profunda metamorfose. Ou até pela conjuntura nacional, que viu mudanças recentes – como a decisão do PSDB de ser oposição ao Governo.

Os motivos, são variados. As razões para embasar os ‘habeas corpus’ dos ausentes, também serão.