João Paulo Medeiros

Após três adiamentos, contas de Ricardo Coutinho serão julgadas segunda-feira no TCE

Contas de 2016 foram reprovadas e aguardam análise da ALPB

Foto: Rizemberg Felipe
Foto: Rizemberg Felipe

Depois de atender a pedidos para adiar por três vezes o julgamento, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) deverá analisar, na próxima segunda-feira (24), as contas de 2018 do ex-governador Ricardo Coutinho (PT). O processo está concluso desde 19 de julho deste ano.

As contas iriam ser julgadas no dia 6 de dezembro, mas a análise foi adiada para o dia 20. Um novo adiamento foi concedido para o dia 22 de dezembro. Mas a apreciação foi postergada mais uma vez, após solicitação da defesa do ex-governador alegar substituição de advogado por motivos de saúde.

A sessão será exclusivamente remota em decorrência de obras e serviços realizados no plenário da Corte.

A prestação de contas de 2018 tem parecer contrário à aprovação do Ministério Público de Contas.

Veja também  Auditor fiscal é preso acusado de extorquir empresários na Paraíba

No TCE a prestação de contas de 2016 e 2017 do ex-governador foram reprovadas. A defesa de Coutinho recorreu da decisão de 2017. As contas de 2016 devem, em breve, ser analisadas pela Assembleia Legislativa do Estado.