João Paulo Medeiros

Governo exonera mais aliados de Veneziano, mas poupa (por enquanto) nomes de Efraim

Exonerações foram publicadas no Diário Oficial do Estado

Foto: Arquivo

A edição de hoje do Diário Oficial do Estado traz novas ‘canetadas’ do governador João Azevêdo (PSB) em aliados do senador Veneziano Vital, pré-candidato ao Governo pelo MDB. Um dos exonerados é Camilo Flamarion de Oliveira Franco Filho, que anunciou apoio à pré-candidatura do emedebista recentemente.

Um outro nome exonerado é de Rodrigo Motta de Almeida, que ocupava o cargo de chefe de gabinete da Secretaria de Articulação Municipal.

A maior parte das exonerações está ligada à ‘pasta’. A Secretaria era até bem pouco tempo comandada pela ex-secretária Ana Cláudia Vital.

As exonerações de aliados de Veneziano destoam do comportamento do Governo com relação a indicações do grupo de Efraim Filho (União), pré-candidato ao Senado Federal que também anunciou desligamento da base governista.

Até agora, por exemplo, a exoneração do secretário de Agricultura do Estado, Efraim Morais, não foi publicada – apesar do pedido feito por ele desde a semana passada.

Veja também  No comando da Fiep desde 1995, Buega decide antecipar eleição interna para novo mandato

Há, talvez, uma explicação para isso: o Governo tenta suavizar o embate com o grupo Morais na tentativa de preservar apoios para o projeto de reeleição de João Azevêdo. No caso de Veneziano, o movimento é outro.