Salão do Artesanato 2022 começa nesta quarta (12), em João Pessoa

Evento vai reunir trabalhos de 400 artesãos, mostrando o potencial cultural e econômico do segmento para um público estimado em 100 mil pessoas.

Foto: Francisco França/Secom-JP

Começa nesta quarta-feira (12), em João Pessoa, a 33ª edição do Salão do Artesanato Paraibano. O evento, que ocorrerá até 6 de fevereiro, em uma megaestrutura na Orla de Cabo Branco, vai reunir trabalhos de 400 artesãos, mostrando o potencial cultural e econômico do segmento para um público estimado em 100 mil pessoas. O evento solicita um quilo de alimento não perecível na entrada, de forma não obrigatória, para doação ao Hospital Padre Zé.

O horário de visitação do Salão do Artesanato será das 16h às 22h. A estrutura, com os trabalhos de 400 artesãos, fica localizada na Orla de Cabo Branco, n 2.260, logo após o Jangada Clube (antigo prédio do BNB Clube).

Nesta edição, artesãs dos municípios de Pitimbu, Cabedelo e João Pessoa que trabalham com matérias-primas do ambiente-marinho, a exemplo de escamas de peixe e conchas de marisco, serão as homenageadas, sob o tema “Toda Arte que Vem do Mar”.

Homenageadas da edição 2022

Artesãs dos municípios de Pitimbu, Cabedelo e João Pessoa serão as grandes homenageadas do 33° Salão do Artesanato, cumprimento da promessa do governador João Azevêdo, feita ao grupo ainda no primeiro ano da gestão.

O tema desta edição, “Toda Arte que Vem do Mar”, proporcionou o surgimento de novos talentos, a exemplo da artesã do bairro Renascer, em Cabedelo, Josicleide Francelino. “É com grande orgulho e com muita responsabilidade que tanto participo quanto recebo essa homenagem do Salão do Artesanato”, agradeceu.

Com a participação dos trabalhos de 400 artesãos, reunindo as mais diversas tipologias do Litoral ao Sertão do Estado, a organização do evento estima um volume de negócios, entre vendas e encomendas, em R$ 1 milhão, com um público estimado em 100 mil pessoas.

Além das homenagens, o Salão vai contar com uma galeria com 11 artesãos, além de um espaço ambientado com uma réplica do Centro de Renda Renascença e do Artesanato (Crença). Localizado em Monteiro, no Cariri paraibano, o equipamento foi entregue pelo governador João Azevêdo, em parceria com a Prefeitura do município, em novembro do ano passado.

33° Salão do Artesanato Paraibano

  • Data : 12 de janeiro a 6 de fevereiro
  • Visitação : 16h às 22h
  • Local : Avenida Cabo Branco (após o Jangada Clube)