Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Uber e governo da PB fazem acordo para “levar” idosos para vacinação em João Pessoa e Campina Grande

Por LAERTE CERQUEIRA

Foto: Gabriel Luiz/G1

Os idosos mais carentes ou com dificuldade de locomoção, que não podem pegar ônibus ou não têm “carona” para um ponto de vacinação em João Pessoa e  Campina Grande, vão poder pedir um carro de aplicativo, de graça, e ir se imunizar.

A empresa Uber, em acordo com o governo do estado, disponibilizou 10 mil viagens com um valor médio de R$ 25,00, cada uma.

Os usuários deverão usar o código VacinaPB, em João Pessoa, e VacinaPBCG, em Campina.

O anúncio foi feito pelo governador João Azevêdo (Cidadania), em programa de rádio semanal. “Uma medida importante, para facilitar o deslocamento das pessoas até os postos e agilizar a vacinação, tão importante para vencermos essa pandemia”.

O benefício não vale para os pontos de “drive thru”. Em João Pessoa, por exemplo, o destino tem que ser os 15 ginásios e escolas espalhados pelos cinco Distritos Sanitários. E, no caso daqueles que vão tomar a segunda dose, no Espaço Cultural.

Veja também  Em busca de “salvar” votos, Bolsonaro peregrina pelo Nordeste

 

Informações para cadastramento

Como inserir os códigos – O usuário deverá abrir a aba ‘Menu’ no aplicativo da Uber. Em seguida, escolher a opção ‘Pagamentos’, inserir o código promocional, de acordo com a cidade, na seleção ‘promoções’, concluindo o pedido na opção ‘adicionar’. Ao final, aparecerá a mensagem indicando que o solicitante recebeu duas viagens de até R$25,00, por trecho.

É importante ressaltar que a gratuidade só vale para viagens que terminam e começam nos locais de vacinação indicados pelas prefeituras de cada município e não se estende à modalidade drive-thru e para shoppings centers.

Em caso de mudanças nos locais de vacinação, as cidades deverão informar as alterações à Secretaria de Estado da Saúde (SES) para que as atualizações sejam repassadas à empresa.

Atualizada às 15h00