Saúde Alerta

André Telis

Você sabe o que é o “mal da vaca louca”?

O mal da “vaca louca” acomete o sistema nervoso central do animal, levando a agitação (daí nome vaca louca). O homem pode desenvolver a doença ao consumir carne infectada. Não existe tratamento e é uma doença fatal.

Agência Brasil.

Popular na década de 90, entenda o que é o mal da vaca louca.

O Ministério da Agricultura confirmou dois registros da doença conhecida como mal da vaca louca. Os casos foram confirmados em Belo Horizonte e Mato Grosso.

O  gado não chegou a ser comercializado, o que não oferece risco à saúde pública.

O que é a doença da vaca louca?

A doença acomete o sistema nervoso central dos bovinos, levando a agitação do animal  (daí nome vaca louca). O mal não tem cura e mata os animais.

A doença é gerada por uma proteína infecciosa chamada príon.

O príon está presente em vários animais e  inclusive no homem. As doenças causadas por príons são degenerativas, raras, progressivas, fatais e atualmente não tratáveis, acometendo o cérebro (e raramente de outros órgãos), que surgem quando uma proteína muda para uma forma anormal chamada príon.

As doenças podem ser esporádicas (sem uma causa aparente), familiares (passada geneticamente) ou adquirida (caso da vaca louca).

O homem pode se infectar com os príons das seguintes maneiras:

  • Ao comer carne bovina infectada por príons  (Vaca Louca).
  • Quando um órgão ou tecido contaminado por príons é transplantado ou enxertado.
  • Substância contaminada pelo príon (como um hormônio).
  • Quando é feita uma cirurgia no cérebro com instrumentos contaminados com príons.
  • Raramente, quando se recebe uma transfusão de sangue contaminado com príons.

Como ocorre a infecção das vacas

De antemão, os bovinos podem adquirir a doença de forma espontânea, por mutação de algumas proteínas e aí se tornando infeccioso. A idade do animal se relaciona com maior risco.

Um outra forma é por contaminação através de rações de origem animal.

Contudo, a ciência ainda não consegue dizer se uma vaca contamina outras, mas em caso de contaminação, a determinação é isolar e abater o animal o animal, a carne dever ser incinerada.

Sintomas do Mal da Vaca Louca

A doença da vaca louca tem uma evolução longa, na qual o animal apresenta sintomas neurológico, como: nervosismo, apreensão, medo, ranger de dentes, sensibilidade à luz e dificuldade para andar. O diagnóstico é feito por comprovação laboratorial.

Tratamento

Enfim, não existe um tratamento ou vacina para a vaca louca. O animal morre em até 6 meses após o início dos sintomas.

Risco para o homem

O homem pode desenvolver o príon infeccioso ao adquirir no consumo de carne infectada.

A doença tem alguns sintomas em comum, como a perda de memória, perda visual, depressão e insônia.
É possível que uma pessoa tenha adquirido o problema e ela não manifeste sintomas por anos.
Em suma, o diagnóstico pode ser feito por meio de exame laboratorial. Depois do diagnóstico, o tratamento se faz com antivirais e corticóides. No entanto, aproximadamente 90% dos indivíduos acometidos evoluem para óbito em um ano.