O Orkut voltou? Site é reativado e fundador promete ‘algo novo’

Site da rede social Orkut voltou ao ar com mensagem do fundador prometendo novidades. Orkut foi sucesso entre 2004 e 2014.

O Orkut voltou, mas por enquanto não como rede social. É que na quarta-feira (27), o site oficial da rede mais popular do Brasil entre 2004 e 2014 foi reativado, junto a uma mensagem escrita pelo seu fundador, o desenvolvedor turco Orkut Büyükkökten. 

No texto, escrito em inglês e em português, Orkut relembra a criação da rede social, há 17 anos, enquanto ele trabalhava como engenheiro de software no Google, além de fazer um apanhado do sucesso que a rede atingiu – com mais de 300 milhões de usuários em seu ápice, antes de ser encerrada em 2014.

“Acredito que o orkut.com encontrou sua comunidade porque reuniu tantas vozes diversas de todo o mundo em um só lugar. Trabalhamos muito para tornar o orkut.com uma comunidade onde o ódio e a desinformação não fossem tolerados. Nos dedicamos muito para tornar o orkut.com uma comunidade onde você pudesse conhecer pessoas reais que compartilhavam seus mesmos interesses”, disse o turco.

O anúncio foi feito dois dias depois que o bilionário Elon Musk fechou o acordo para comprar o Twitter, por 44 bilhões de dólares. Usuários do Twitter ficaram divididos sobre a compra e muita gente começou a pedir a volta do Orkut. 

“Eu sou uma pessoa otimista. Acredito no poder da conexão para mudar o mundo. Acredito que o mundo é um lugar melhor quando nos conhecemos um pouco mais. […] É por isso que eu trouxe o orkut.com para tantos de vocês ao redor do mundo. E é por isso que estou construindo algo novo. Vejo você em breve!”, disse Büyükkökten ao reativar o site.

Veja também  Ministério da Justiça abre processo para investigar atuação de TikTok em proteção de usuários contra conteúdos nocivos

O site do Orkut voltou no mesmo dia em que o da hello, rede social que o turco criou em 2016, foi desativado. Em uma mensagem postada também na quarta-feira no site oficial da rede, o site agradece aos usuários. 

“Não é um adeus, é só um nos vemos em breve. Estamos pausando as operações do hello enquanto preparamos algo ainda maior. Somos extremamente gratos pela sua trajetória com o hello e por ser parte desta comunidade, e gostaríamos de te agradecer por ter feito o hello um lugar especial.”

O Orkut foi lançado em 2004 e só no Brasil, chegou a ter 30 milhões de usuários ativos, sendo o país com mais usuários na plataforma, seguido da Índia. A rede social era uma mistura de página pessoal e de fóruns, as comunidades, onde pesssoas debatiam interesses em comum. O Google comprou a rede social em 2008 e desativou o Orkut em 2014, por questões estratégicas de mercado – sobretudo após o Facebook ultrapassar a plataforma em número de usuários, à época.

Discurso de ódio nas redes sociais

No texto do retorno do site, o fundador do Orkut falou também sobre discurso de ódio nas redes sociais. 

“O mundo precisa de gentileza agora mais do que nunca. Há tanto ódio online nos dias de hoje, e nossas opções para encontrar e construir conexões reais são poucas e bem escassas. […] Nossas ferramentas online devem nos servir, não nos dividir. Elas devem proteger nossos dados, não vendê-los.”, comentou Orkut.