No auge do Axé, Olodum e Simon tocaram para 750 mil em NY. Veja

O documentário Axé: Canto do Povo de um Lugar está em cartaz a partir desta quinta-feira (26).

Quem já viu assegura que é um retrato muio honesto da Axé Music, esse fenômeno musical e comercial que transformou o carnaval da Bahia há três décadas.

Quero ver. Não sou fã de Axé, mas tenho grande respeito pelo fenômeno e o observo sem qualquer preconceito.

Aproveitando a estreia do filme, vou relembrar aqui o dia em que Paul Simon recebeu o Olodum e o incorporou à sua banda num show em Nova York. O concerto, em 1991, foi assistido por 750 mil pessoas no Central Park.

Veja também  Amor, Sublime Amor, de Steven Spielberg, é grande estreia nos cinemas nesta quinta-feira

Depois do sucesso de Graceland, o disco que gravou com músicos da África do Sul, Paul Simon fez um disco com músicos brasileiros, e, nele, está o Olodum.

É desse trabalho (The Rhythm of the Saints) a faixa The Obvious Child, em que Simon é acompanhado pela percussão inconfundível do Olodum.

The Obvious Child é o número de abertura do show de Simon no Central Park.