Para maiores de 18 anos: confira filmes que realmente exigem essa classificação etária

‘Deadpool 2’ recebeu a classificação de “para maiores de 18 anos” e debate sobre critérios foi retomada.

filmes para maiores de 18 anos
+18
Saiba porque alguns filmes recebem a classificação de “para maiores de 18 anos”

‘Deadpool 2’ chegou nas salas de cinema com classificação para maiores de 18 anos na quinta-ferira (17), mas nesta sexta-feira (18) decidiram diminuir a censura para 16 anos depois de provocar um debate sobre os critérios para este tipo de classificação. Pensando nisso, o JORNAL DA PARAÍBA separou alguns filmes que considera realmente merecerem a classificação.

ALERTA: se você está pensando que vai ter ‘Cinquenta Tons de Cinza’ aqui nesta lista, por favor, SAIA!

Azul é a Cor Mais Quente

O longa começa com o clichê adolescente da primeira transa, mas evolui e entrega uma visão madura sobre as descobertas intimistas da juventude. As atrizes Adèle Exarchopoulos e Léa Seydoux são um espetáculo à parte. Elas brilham tanto na atuação que foram consideradas coautoras pelo júri de Cannes e acabaram levando a Palma de Ouro ao lado do diretor. Acredite, não foi exagero.

Shame

O filme conta a história de um homem bem-sucedido e solitário, que não pensa em manter um relacionamento com alguém. Sua vida se resume à busca do prazer sexual. Mas se você está procurando erotismo, não é isso que vai encontrar, o filme consegue entregar um nu frontal do premiado ator Michael Fassbender sem qualquer fetiche ou glamorização. Shame é forte, pesado, cruel e inovador.

Bastardos Inglórios

Se você acha que filmes sobre a 2ª Guerra Mundial já estão saturados é porque não deu uma chance para a versão de Tarantino. Elogiar o diretor é quase que redundante, mas não tem como: ele se garantiu muito nesse longa. Além disso temos mais uma espetacular atuação de Brad Pitt e a revelação extraordinária de Christoph Waltz aos olhos do grande público.

O Lobo de Wall Street

Leonardo DiCaprio é bom ator, a gente sabe disso, mas O Lobo de Wall Street coloca o cara em outro patamar. O espectador é convidado a ter uma das maiores crises de risos da história do cinema com uma cena que a princípio seria uma tragédia. O filme é uma espécie de poema à depravação: com sexo, drogas e dinheiro sem  julgamentos nem moralismos. Apenas uma história contada inteligentemente de forma trivial fazendo você acreditar na veracidade de tudo aquilo.

Veja também  Série documental sobre a Chacina de Pioz está em produção na Espanha

Beasts Of No Nation

Cruel, forte e devastador. Esse não é mais um filme de guerra. Contado pela perspectiva de uma criança – estreia triunfal do ganês Abraham Attah – o filme da Netflix não tem medo da censura e se joga nas cenas de violência e sexo que incomodam. Confesso que em alguns aspectos lembra Cidade de Deus, mas isso é um elogio.

De Olhos Bem Fechados

O longa possui um teor psicológico e aborda relacionamento a dois, taras sexuais, perversões e uma sociedade hipócrita que vive de fachada. Nele temos Tom Cruise protagonizando uma das cenas mais sexies do cinema, o nu frontal da premiada Nicole Kidman e um sexo grupal que deixaria seus pais chocados.

Réquiem para um Sonho

Sexo, violência e muita droga. O filme trabalha a dependência com outros olhos e entrega uma das melhores atuações de Jared Leto. Dirigido por Darren Aronofsky, o longa mostra a história de três jovens normais que têm suas vidas destruídas pelo vício.

Borat

O que dizer desse filme? Maluco, diferente e pouco convencional. Borat foi considerado a melhor estreia de comédia de 2006/2007. O longa é o mais politicamente incorreto da lista. Ele retrata o preconceito sustentado pela sociedade americana de um modo dinâmico e descontraído, com a fluidez que só o talentoso Sacha Cohen consegue.

Dançando no escuro

Lista de filmes adultos sem Lars von Trier, não é uma lista de filmes adultos. Qualquer obra do cineasta poderia estar aqui, mas essa é especial. Ela passa uma realidade que poucas conseguem. O longa emociona o telespectador do começo ao fim com toques de dramas e comédia, mostrando que amor de mãe não tem limites. O único alerta que precisamos dar é que não espere nada fofinho.

Império dos Sentidos

CUIDADO, ESSE É O FILME MAIS PESADO DA LISTA! O filme aborda o acontecimento verídico que tornou o relacionamento amoroso de Kichizo Ishida e Sada Abe histórico. Os dois acabam presos por uma forte paixão que revela desejos sexuais profundos. Conforme o namoro progride, ambos passam a trilhar caminhos cada vez mais perigosos dentro da exploração do sexo que flerta com a morte.