Para maiores de 18 anos: confira filmes que realmente exigem essa classificação etária

‘Deadpool 2’ recebeu a classificação de “para maiores de 18 anos” e debate sobre critérios foi retomada.

filmes para maiores de 18 anos
+18
Saiba porque alguns filmes recebem a classificação de “para maiores de 18 anos”

‘Deadpool 2’ chegou nas salas de cinema com classificação para maiores de 18 anos na quinta-ferira (17), mas nesta sexta-feira (18) decidiram diminuir a censura para 16 anos depois de provocar um debate sobre os critérios para este tipo de classificação. Pensando nisso, o JORNAL DA PARAÍBA separou alguns filmes que considera realmente merecerem a classificação.

ALERTA: se você está pensando que vai ter ‘Cinquenta Tons de Cinza’ aqui nesta lista, por favor, SAIA!

Azul é a Cor Mais Quente

O longa começa com o clichê adolescente da primeira transa, mas evolui e entrega uma visão madura sobre as descobertas intimistas da juventude. As atrizes Adèle Exarchopoulos e Léa Seydoux são um espetáculo à parte. Elas brilham tanto na atuação que foram consideradas coautoras pelo júri de Cannes e acabaram levando a Palma de Ouro ao lado do diretor. Acredite, não foi exagero.

Shame

O filme conta a história de um homem bem-sucedido e solitário, que não pensa em manter um relacionamento com alguém. Sua vida se resume à busca do prazer sexual. Mas se você está procurando erotismo, não é isso que vai encontrar, o filme consegue entregar um nu frontal do premiado ator Michael Fassbender sem qualquer fetiche ou glamorização. Shame é forte, pesado, cruel e inovador.

Bastardos Inglórios

Se você acha que filmes sobre a 2ª Guerra Mundial já estão saturados é porque não deu uma chance para a versão de Tarantino. Elogiar o diretor é quase que redundante, mas não tem como: ele se garantiu muito nesse longa. Além disso temos mais uma espetacular atuação de Brad Pitt e a revelação extraordinária de Christoph Waltz aos olhos do grande público.

O Lobo de Wall Street

Leonardo DiCaprio é bom ator, a gente sabe disso, mas O Lobo de Wall Street coloca o cara em outro patamar. O espectador é convidado a ter uma das maiores crises de risos da história do cinema com uma cena que a princípio seria uma tragédia. O filme é uma espécie de poema à depravação: com sexo, drogas e dinheiro sem  julgamentos nem moralismos. Apenas uma história contada inteligentemente de forma trivial fazendo você acreditar na veracidade de tudo aquilo.

Veja também  Gusttavo Lima substitui Wesley Safadão no São João de Santa Luzia

Beasts Of No Nation

Cruel, forte e devastador. Esse não é mais um filme de guerra. Contado pela perspectiva de uma criança – estreia triunfal do ganês Abraham Attah – o filme da Netflix não tem medo da censura e se joga nas cenas de violência e sexo que incomodam. Confesso que em alguns aspectos lembra Cidade de Deus, mas isso é um elogio.

De Olhos Bem Fechados

O longa possui um teor psicológico e aborda relacionamento a dois, taras sexuais, perversões e uma sociedade hipócrita que vive de fachada. Nele temos Tom Cruise protagonizando uma das cenas mais sexies do cinema, o nu frontal da premiada Nicole Kidman e um sexo grupal que deixaria seus pais chocados.

Réquiem para um Sonho

Sexo, violência e muita droga. O filme trabalha a dependência com outros olhos e entrega uma das melhores atuações de Jared Leto. Dirigido por Darren Aronofsky, o longa mostra a história de três jovens normais que têm suas vidas destruídas pelo vício.

Borat

O que dizer desse filme? Maluco, diferente e pouco convencional. Borat foi considerado a melhor estreia de comédia de 2006/2007. O longa é o mais politicamente incorreto da lista. Ele retrata o preconceito sustentado pela sociedade americana de um modo dinâmico e descontraído, com a fluidez que só o talentoso Sacha Cohen consegue.

Dançando no escuro

Lista de filmes adultos sem Lars von Trier, não é uma lista de filmes adultos. Qualquer obra do cineasta poderia estar aqui, mas essa é especial. Ela passa uma realidade que poucas conseguem. O longa emociona o telespectador do começo ao fim com toques de dramas e comédia, mostrando que amor de mãe não tem limites. O único alerta que precisamos dar é que não espere nada fofinho.

Império dos Sentidos

CUIDADO, ESSE É O FILME MAIS PESADO DA LISTA! O filme aborda o acontecimento verídico que tornou o relacionamento amoroso de Kichizo Ishida e Sada Abe histórico. Os dois acabam presos por uma forte paixão que revela desejos sexuais profundos. Conforme o namoro progride, ambos passam a trilhar caminhos cada vez mais perigosos dentro da exploração do sexo que flerta com a morte.