Lei torna 2019 o ano de Jackson do Pandeiro em Campina Grande

Rei do Ritmo também é homenageado durante o Maior São João do Mundo, por um musical e em toda Paraíba através do ‘Ano Cultural Jackson do Pandeiro’.

Lei torna 2019 o ano de Jackson do Pandeiro em Campina Grande (Foto: Reprodução)
Lei que torna 2019 o ano de Jackson do Pandeiro foi sancionada, em Campina Grande  (Foto: Reprodução)

Jackson do Pandeiro é o nome artístico de José Gomes Filho, músico que nasceu em Alagoa Grande, cidade do Agreste da Paraíba, no 31 de agosto de 1919. Se estivesse vivo, o artista completaria 100 anos em 2019. Através de um Projeto de Lei do vereador Renan Maracajá (PSDC), foi sancionada em Campina Grande a lei que torna, este ano, um período de homenagens destinadas ao cantor.

O documento estabelece que até o dia 31 de Dezembro de 2019, a obra e a vida de Jackson sejam regatadas com atividades que envolvam pesquisa, vídeos, documentários, fotos, arte, música, fatos.

Conhecido como o Rei do Ritmo, também foi cantor e compositor de forró e samba brasileiro. Ele marcou época com a habilidade que tinha para tocar pandeiro, instrumento que se tornou o um de seus melhores amigos e, consequentemente, parte de seu legado artístico.

Passados 37 anos da morte do artista, ele continua sendo referência para o mundo pela irreverência que era a protagonista de suas apresentações em qualquer palco que subisse. Além de levar um pouco de Campina Grande por onde passava, ele imortalizou a Rainha da Borborema, não apenas pelos quilômetros viajados, mas através das canções que compunha.

Veja também  Paraíba encerra mais uma etapa de inscrições da Lei Aldir Blanc nesta terça (26)

Outras homenagens

De 7 de junho a 7 de julho, Jackson do Pandeiro será homenageado durante a 36ª edição do Maior São João do Mundo, realizado em Campina Grande. O palco principal do Parque do Povo, local onde a festa acontece, vai receber o nome dele para registrar a passagem do seu centenário de nascimento.

Um musical composto por 40 artistas, entre eles atores, cantores e dançarino também fará parte das homenagens destinadas para o músico, neste ano. O espetáculo ‘O Marco do Rei do Ritmo – Um Musical em Cordel’ está previsto para estrear durante a décima edição do Festival Internacional de Música de Campina Grande (FIMUS), que deve acontecer no mês de julho.

Em todo estado

‘Ano Cultural Jackson do Pandeiro’: esta é a homenagem do Governo do Estado para o Rei do Ritmo. A Secretaria de Educação da Paraíba deve realizar ações interdisciplinares nas escolas estaduais em homenagem ao músico. Eventos culturais promovidos pelo governo em 2019, como shows e salões de artesanato, também devem abrir espaço para que o público conheça mais da obra do homenageado.