Cabruêra faz cordel para ‘responder’ vídeo de deputada com música da banda

Carla Zambelli colocou ‘Forró Esferográfico’ em um vídeo de apoio ao presidente.

A banda Cabruêra usou as redes sociais para criticar a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), que no sábado (25) usou uma música do grupo paraibano em um vídeo de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A resposta da banda veio na forma de um cordel, intitulado ‘Nordeste Resistência’ .

No vídeo divulgado por Zambelli, a deputada questiona a informação de que Bolsonaro não tem apoio nas regiões Norte e Nordeste do país e logo em seguida apresenta uma sequência de imagens, entre outdoors em defesa do presidente e trechos de visitas dele a estados da região. O vídeo tem como trilha sonora ‘Forró Esferográfico’, da Cabruêra, e “Xiquexique”, composta por Tom Zé e José Miguel Wisnik para o Grupo Corpo. Ambas as músicas foram usadas sem autorização dos artistas.

Ainda no sábado, a Cabruêra divulgou uma nota de repúdio contra Zambelli. A banda chamou o vídeo de “peça publicitária mentirosa” e afirmou que iria procurar os meios para acionar a Justiça. A reação do grupo seguiu o mesmo caminho tomado  Tom Zé  e Wisnik. “É uma música que exalta a cultura popular nordestina, para cima. Mas ela é nossa, de quem a fez com este fim. Essa alegria não está à disposição para uso político e, já, eleitoral”, disse Wisnik ao jornal O Globo. 

Veja também  ‘Temporada de Verão’: Mayana Neiva fala sobre série e como foi gravar com ator de “Elite”

 

Após a nota, a banda paraibana decidiu apresentar uma resposta cultural ao ato de Carla Zambelli. E aí publicou o vídeo com o vocalista Arthur Pessoa recitando o cordel ‘Nordeste Resistência’. A poesia começa com os seguintes versos : A zambelli é deputada mas não me representa/ é tanta fake news que se inventa/ que parece até piada/ basta dar uma estudada/ pra saber que nossa gente/ é um povo inteligente/ tem história e tem ciência/ o nordeste também é resistência/ e não apoia o presidente. (Veja na íntegra abaixo)

https://www.instagram.com/p/CDITu7UJfyj/

Carla Zambelli retirou das redes sociais o vídeo após as críticas e tentou minimizar a situação. A deputada afirmou que não desrespeitou a Lei de Direitos Autorais, pediu desculpas aos artistas e disse que ia lançar uma campanha para divulgar novos nomes da cultura nordestina.