Juliette desabafa no ‘Encontro’: “Não quero me perder de mim, quero permanecer feliz”

Vencedora do BBB 21 falou sobre o documentário ‘Você nunca esteve sozinha’, que conta a história dela antes e depois do reality.

Juliette participou do Encontro nesta sexta-feira (2). Foto: Reprodução
Juliette no Encontro
Juliette participou do Encontro nesta sexta-feira (2).
Foto: Reprodução

A paraibana Juliette Freire participou do Encontro com Fátima Bernardes, nesta sexta-feira (2). Esta foi a primeira vez que ela esteve pessoalmente no programa. A vencedora do Big Brother Brasil foi convidada para falar sobre o documentário do Globoplay ‘Você nunca esteve sozinha’, que conta a história dela antes e depois do reality.

Durante o programa, Juliette conversou sobre diversos pontos da sua vida que são abordados no documentário. Entre eles, a alfabetização da mãe, dona Fátima, e a morte precoce da irmã Julienne.

>>> Documentário de Juliette estreia no Globoplay
>>> Juliette conta como é a sua amizade com Anitta: “ela é muito fofinha, pessoalmente é um bebê”

Uma das perguntas feitas por Fátima Bernardes foi qual o maior medo de Juliette. A paraibana respondeu que tem muito medo de não conseguir ser feliz daqui pra frente. Ela ressaltou que espera permanecer livre e verdadeira.

“Minha vida foi difícil, mas era muito feliz, só me faltava dinheiro, mas em todo o resto eu era muito completa e hoje eu tenho dinheiro e não quero me perder de mim, quero permanecer feliz, livre, verdadeira. Poder errar, poder dizer não, sem ser atacada, sem que os meus esforços sejam desprezados. Quero poder continuar sendo eu e ser feliz”, respondeu.

Veja também  Após hiato de três anos, Vieira lança novo CD autoral ‘CriseDos20’; ouça

Ao lembrar da infância, Juliette lembrou de quando ensinou a mãe a escrever e defendeu o acesso à educação para a transformação das pessoas. “Sem comida e educação a gente não sai do lugar”, disse.

Morte da irmã

Um dos episódios mais difíceis da vida de Juliette foi a morte da irmã mais nova, Julienne, aos 17 anos, vítima de um AVC. Depois de perder a pessoa com quem era ligada desde a infância, a vencedora do BBB 21 conta que aprendeu a viver como se não houvesse amanhã.

“Vivo minha vida com um senso de finitude muito grande. Tudo eu quero resolver logo, quero fazer logo, então, por isso eu sou tão eufórica. Vivo realmente como se não houvesse amanhã”, afirmou.

Documentário

O documentário do Globoplay ‘Você Nunca Esteve Sozinha’ conta a trajetória de Juliette antes e depois do Big Brother Brasil. Dividido em seis episódios, um por semana, o primeiro foi lançado na terça-feira (29) e mostrou cenários da infância da paraibana em Campina Grande.