PB tem 10 empresas certificadas com selo de qualidade em TI

Sete novos empreendimentos serão certificados nesta sexta-feira, em um hotel na orla de João Pessoa.

Sete empresas paraibanas recebem nesta sexta-feira (28), em um hotel de João Pessoa, o selo de Melhoria de Processo do Software Brasileiro (MPS). Com isso, a Paraíba totaliza dez empresas certificadas pelo programa da Softex (Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro), ficando na quarta posição no ranking dos 16 estados do Norte-Nordeste.

O programa, que estimula a indústria brasileira de software e serviços de TI, permite que as empresas se tornem mais competitivas e ofertem produtos e serviços com garantia de qualidade. As empresas paraibanas certificadas passaram por um processo de qualificação por 14 meses com apoio da Softex e do Sebrae Paraíba.

“Essas empresas terão equipes de trabalho com uma grande expertise, com qualidade e eficiência nos processos de desenvolvimento de software", declarou a analista do Sebrae Paraíba, Danyele Raposo. "Este é um grande avanço para a Paraíba, que se torna referência no contexto nacional como produtora de TI", avaliou.

Veja também  Gasolina oscila entre R$ 6,379 e R$ 6,669 e preço do diesel e do GNV aumentam; em João Pessoa

De acordo com Danyele, o grande diferencial da Paraíba é que as empresas certificadas são micro e pequenas e que, com a aquisição do selo, elas terão mais condições para competir com empresas de grande porte. "Esta é uma certificação pouco acessível às micro e pequenas empresas, por ter um alto custo", explicou ela. Segundo a analista, o Sebrae Paraíba continuará subsidiando os custos das empresas que queiram participar do processo MPS através do SebraeTec.

O modelo MPS, com dez anos de existência, já foi implantado em 590 empresas no Brasil. Na região Nordeste, são 94 empresas certificadas e, na Norte, 13. O grande objetivo do programa é tornar as empresas mais competitivas no mercado global.