Janguiê Diniz é o novo acionista da Bossanova Investimentos

Empresário iniciou atividades como acionista da empresa nesta segunda-feira.

Vice-presidente da Epitychia, Thales Janguiê; o cofundador da Bossanova Investimentos, João Kepler; e o empresário Janguiê Diniz (Foto: Divulgação)
Vice-presidente da Epitychia, Thales Janguiê; o cofundador da Bossanova Investimentos, João Kepler; e o empresário Janguiê Diniz (Foto: Divulgação)

O empresário paraibano Janguiê Diniz, fundador grupo Ser Educacional e proprietário do family office Epitchya, é o novo acionista da Bossanova Investimentos, micro venture capital que investe em startups. Janguiê irá ajudar a investidora na estratégia empresarial e gestão.

Janguiê, doutor em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), criou a Faculdade Maurício de Nassau e o grupo Ser Educacional – considerado o maior do setor de Ensino Superior no Norte e Nordeste.

Janguiê fez a aquisição de 25% da Bossanova e já começou suas atividades nesta segunda-feira (26).

Veja também  Pesquisa constata variação entre R$ 206,59 e R$ 292,60 na cesta básica em João Pessoa

“É muito bom ver como minha relação com a Bossanova vem sendo construída e se fortalecendo ao longo dos últimos anos, sempre baseada na confiança e parceria, e que culminou nessa sociedade. Espero colaborar com o crescimento de todo o grupo e também ajudar no estímulo às startups brasileiras, pois sabemos o potencial que o nosso país tem nesse campo”, relatou o empresário.

A Bossanova, criada em 2015 através da união dos investidores João Kepler e Pierre Schurmann, é uma investidora de startups em estágio inicial. Além de João, Pierre e Janguiê, Thiago Oliveira e Thiago Nigro compõem o quadro de sócios da empresa.