Braulio Tavares faz aula inaugural em novo centro da UFPB

Colunista do Jornal da Paraíba falou para docentes, servidores e alunos do Centro de Comunicação, Turismo e Artes (CCTA).

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) inaugurou formalmente ontem à noite o Centro de Comunicação, Turismo e Artes (CCTA) no campus de João Pessoa – que terá 11 cursos de graduação e um corpo de profissionais formado por 144 docentes e 45 servidores técnico-administrativos, além de cerca de dois mil alunos. A aula inaugural foi ministrada pelo poeta, jornalista, escritor e colunista do JORNAL DA PARAÍBA Braulio Tavares, no auditório da Reitoria.

O palestrante, de improviso na aula magna, destacou o papel da universidade diante de um mundo mais globalizado e informatizado e falou da universidade como um centro formalizador do saber onde o conhecimento gerado pode ser encontrado e analisado.

Braulio Tavares discorreu ainda sobre a cultura informal e os atrativos do chamado mundo da rua onde a plena liberdade e aparente informalidade é uma fonte de conhecimento que acontece de maneira não hierarquizada ao contrário do que acontece no ambiente universitário.

Veja também  Universidade inscreve em 2 mil vagas para cursos gratuitos em Campina Grande

A vice-reitora da UFPB, Yara Matos, disse que "a nossa comunidade tem consciência da importância do papel da UFPB como agente de transformação para o Estado e região. A UFPB, hoje, é constituída por 16 Centros de todas as áreas do conhecimento”.

Segundo o diretor do CCTA, David Fernandes, o novo centro comporta os cursos de Artes Visuais, Teatro, Jornalismo, Relações Públicas, Rádio e TV, Cinema, Turismo, Educação Musical, Música, Música Popular, Regência de Bandas e Fanfarras. Já o curso de Dança se encontra em fase de criação.