Diretor do Treze admite que Welington Fajardo não deve continuar para a temporada 2022

Comandante chegou ao Galo durante a Série D deste ano, e esteve a beira do gramado em 10 oportunidades, nove pelo Brasileiro e uma pela pré-Copa do Nordeste.

Welington Fajardo, técnico do Treze | Foto: Cassiano Cavalcanti / Treze FC

O Treze se despediu da temporada 2021 na eliminação para o Floresta, pela pré-Copa do Nordeste, e agora espera pelo início do Campeonato Paraibano do ano que vem, única competição no calendário do Galo. O técnico Welington Fajardo não deve continuar no Alvinegro, assim como parte dos atletas que atuaram na competição classificatória. A informação foi confirmada por Fernando Gaúcho, diretor executivo do clube.

No último domingo o diretor executivo do Treze, Fernando Gaúcho, utilizou uma de suas redes sociais para publicar uma foto ao lado do técnico Welington Fajardo, com uma legenda em tom de despedida. Ao Jornal da Paraíba, o dirigente afirmou que no decorrer desta semana uma coletiva de imprensa deverá ser realizada no Presidente Vargas, para falar sobre os atletas que não devem permanecer no clube, assim como na pauta também estará o técnico, que segundo ele, não deve continuar no Alvinegro.

Veja também  Treze tem reformulação patrimonial como prioridade nos primeiros dias da nova gestão

“Essa semana farei uma coletiva para divulgar os acordos rescisórios dos atletas que não continuam no clube. Falarei também do treinador Fajardo, que não deve continuar”, disse Gaúcho.

 

Foto: Reprodução / Instagram

 

Fajardo chegou ao Treze na sexta rodada da primeira fase da Série D, no empate em 2 a 2 com o América de Natal, no Amigão. Foram ao todo dez partidas, nove pelo Brasileiro e uma pela pré-Copa do Nordeste, sendo duas vitórias contra o Caucaia, cinco empates (América-RN duas vezes, Campinense, Sousa e Atlético-CE), e três derrotas (Central, ABC e Floresta).  Um aproveitamento de 36.6%.

Em 2022 o Treze terá um ano bem escasso de competições, apenas com o Campeonato Paraibano no calendário. O estadual do ano que vem é que pode voltar a abrir portas para o Galo em outras competições, porém apenas para 2023.