Governo decide vender Correios em leilão único

O que se pretende fazer é vender o controle da companhia integralmente, no formato de um leilão tradicional

TV Cabo Branco/Reprodução

O Governo Federal definiu o modelo de privatização dos Correios. A proposta que o Ministério da Economia para Câmara dos Deputados prevê que a União se desfaça de 100% do capital da empresa. A informação foi dada ao GLOBO pelo secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord.

O que se pretende fazer é vender o controle da companhia integralmente, no formato de um leilão tradicional ou, como resume Mac Cord, “com abertura de envelopes”.

Veja também  Deslizamento de terra provoca interdição na BR-230, em João Pessoa

O comprador levará os ativos e também os passivos dos Correios, como dívidas. O modelo difere dos planos para a Eletrobras e do que foi feito recentemente na BR Distribuidora, ex-subsidiária da Petrobras, baseados em operações no mercado de capitais.

A venda dos Correios também deve gerar mudanças na regulação do setor postal, que passaria a se tornar uma atribuição da Anatel com outro nome.