Diretor de melhor filme do século XXI, David Lynch já tem 70 anos

Saiu a lista dos 100 melhores filmes do século XXI. Foi organizada pelo BBC Culture a partir das escolhas de 177 críticos de diversos países.

O vencedor: “Cidade dos Sonhos”, de David Lynch.

Lynch, de 70 anos, tinha 55 quando realizou “Cidade dos Sonhos”, filme estranho, belo, instigante, de difícil assimilação. Uma grande escolha!

Há um brasileiro na lista: “Cidade de Deus”, de Fernando Meirelles. É o número 38. A inclusão corresponde ao prestígio do filme.

Não vou discutir a lista. Listas são muito subjetivas. A gente sempre acha que poderiam ser diferentes.

Veja também  George Harrison morreu há 20 anos. Martin Scorsese tirou expressivo retrato do músico

Que “Hugo Cabret” vale mais do que “O Lobo de Wall Street”, que “Inteligência Artificial” não é o melhor Spielberg do período, que “Bastardos Inglórios” não é tão brilhante quanto “Kill Bill”.

O que chama minha atenção é a pressa de fazer uma lista com os melhores filmes do século XXI. Ora, o século XXI mal começou!

Não há tempo suficiente para dizermos, nem ao menos, se um filme do século atual já é um clássico!