Camila Esposte
Láuriston Pinheiro

“Efeito Furacão” acelera negócios de mulheres empreededoras no Cariri paraibano

Metodologia criada pela Be.Labs se expande pelo interior em parceria com Sebrae PB para impactar cada vez mais mulheres.

O furacão, marca da empresa, é uma analogia à força da mulher, muitas vezes subestimada. Foto: divulgação.
A parceria entre a Be.Labs — primeira aceleradora de empresas exclusiva para mulheres do Nordeste — e o Sebrae PB continua se expandindo pelo interior da Paraíba para fortalecer o empreendedorismo feminino. No ano passado, as mulheres de Monteiro e cidades satélite puderam conhecer o Efeito Furacão, metodologia própria da Be.Labs. Desta vez, mulheres de 12 cidades do Cariri poderão participar de uma trilha de 10 semanas de duração, com um total de 18 horas de aulas ao vivo e duas ou quatro horas de mentoria. As orientações vão desde estabelecimento de propósitos, planos de negócios, marketing digital, até o jurídico.
Recebem o “Efeito Furacão”, nas turmas que começam hoje, as cidades de Amparo, Camalaú, Caraúbas, Congo, Gurjão, Monteiro, Prata, Queimadas, Santo André, São João do Tigre, São Sebastião do Umbuzeiro e Sumé.
Para Madalena Arruda, gerente Regional do Sebrae Monteiro e Cariri, a parceria reforça os propósitos tanto do Sebrae quanto da Be.Labs, que estão conectados. “Um dos papéis do Sebrae, um dos nossos posicionamentos é justamente fortalecer o empreendedorismo feminino, trazer oportunidades e aumentar a participação dessas mulheres na economia. Do mesmo modo é o objetivo da Be.Labs e com isso, nos juntamos para fortalecer, desenvolver e estimular os negócios geridos por mulheres”, comenta Madalena Arruda, gerente Regional do Sebrae Monteiro e Cariri.
Marcela Fujiy, sócia da Be.Labs, destaca que o método é focado no acolhimento, para proporcionar não apenas as ferramentas do empreendedorismo, mas também possibilitar que elas enxerguem pontos como empatia e sororidade. “Assim como identificar vieses inconscientes e preconceitos são pontos imprescindíveis para que a mulher tenha sucesso no seu empreendimento”, comenta.
Efeito Furacão — O furacão, marca da empresa, é uma analogia à força da mulher, muitas vezes subestimada. “Os furacões mais fortes têm nomes femininos porque não foram levados a sério, e as pessoas não se prepararam de forma adequada para recebê-los”, complementa Christian Fujiy, cofundador da empresa. O Efeito Furacão visa uma mudança de mentalidade, alinhando tendências atuais e as perspectivas futuras de acordo com o Fórum Econômico Mundial e com a destruição de preconceitos que paralisam o empreendedorismo feminino.
Para saber mais, o instagram é @be.labs e o site, https://belabs.org/. Contatos todomundo@belabs.org e contato@belabs.org.
Veja também  76% dos brasileiros pretendem comemorar o Dia dos Pais