Jovem é morto a tiros na frente da casa de namorada em CG

Foram pelo menos 12 disparos de revólver e espingarda calibre 12. Um dos tiros quase decepou a perna da vítima. Outra pessoa aina ficou ferida.

Um jovem de 21 anos foi executado a tiros em frente a casa da própria namorada no bairro da Ramadinha II, em Campina Grande, na tarde deste domingo (20). Arthur Davidson Conceição estava indo buscar sua companheira, quando foi surpreendido por homens armados em um carro de cor prata, que já desceram do veículo atirando. Foram pelo menos 12 disparos de revólver e espingarda calibre 12. Um dos tiros quase decepou a perna da vítima. Um amigo do jovem também foi atingido por um tiro e está internado no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

De acordo com o delegado de homicídios da Polícia Civil, Antônio Lopes, que está investigando o caso, a motivação e autoria do crime ainda são mistérios, mas ele destacou que as características são claras de um crime de execução. “A vítima estava chegando na casa da namorada, com um amigo, por volta das 17h, na Rua Manoel Francisco Mendes. No momento em que ele parou em frente a residência, e os moradores já estavam abrindo a porta, homens armados pararam em um carro e desceram atirando. Acreditamos que havia três ou quatro pessoas no carro, mas apenas duas delas atiraram. Arthur morreu na área da casa da namorada”, contou o delegado. 
 
Ainda de acordo com a Polícia Civil, o amigo da vítima também foi ferido por um disparo na barriga e foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, mas não corre risco de morte. Nesta segunda-feira (21) a Polícia Civil deve colher novos depoimentos em continuidade a investigação. 
 
Homicídio no Pedregal 
 
Já na noite do último sábado (19), uma jovem de 21 anos identificada como Amanda Regina Alves de Brito foi morta a tiros no bairro do Pedregal, em Campina Grande. O crime aconteceu na Rua São Domingos e teria sido praticado por dois homens. Segundo a Polícia Militar, moradores do bairro informaram que os suspeitos são integrantes da gangue dos Peixeiros. A vítima foi ferida por tiros nas costas, pescoço e no olho. O caso também está sendo investigado pela delegacia de homicídios da Polícia Civil. 
 
Veja também  Campina Grande vacina contra a Covid-19 nesta quinta (7): veja horários e locais