Proprietário é preso e quatro postos de combustíveis autuados em operação do Procon

Ao todo, 177 postos e 399 bicos verificadores de bomba foram fiscalizados.

Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

Um dono de posto de combustíveis foi preso em flagrante por irregularidades no local, e outros quatro postos foram autuados durante uma fiscalização do Procon na Paraíba, nesta quinta-feira (8). A operação “Petróleo Real” aconteceu em todo o país para coibir possíveis fraudes nos valores cobrados por combustíveis.

Na Paraíba, a operação aconteceu em João Pessoa, Cabedelo, Bayeux, Santa Rita, Areia, Guarabira, Campina Grande, Alagoa Grande, Mari, Sapé, Sobrado, Patos e Sousa.

Ao todo, 177 postos e 399 bicos verificadores de bomba foram fiscalizados. O órgão vistoriou a qualidade do combustível, a validade dos produtos, aferição das bombas de abastecimento e transparência da composição dos preços ao consumidor. Um homem foi preso em flagrante pela Polícia Civil.

Veja também  Araruna reúne atrações de turismo de aventura e de contemplação; visitantes vão em busca de ecoturismo

“Em uma das situações, estava bem para o consumidor e ruim para o posto de combustível. Outra estava a vazão na baixa, onde 60% estava no valor de R$ 120, ou seja, o consumidor que abastecesse naquele posto tinha 6% de perda naquele produto.”, explicou a superintende do Procon-PB, Késsia Liliana.