Campina Grande cadastra crianças e jovens na Atenção Primária de Saúde

Segundo a prefeitura, o cadastro é uma iniciativa do Ministério da Saúde, e deve ser feito de maneira presencial.

Divulgação: Codecom

Crianças e jovens, entre 10 e 19 anos, estão podendo se cadastrar para ter acesso a serviços da Atenção Primária à Saúde, em Campina Grande, a partir desta segunda-feira (18). Segundo a prefeitura, o cadastro é uma iniciativa do Ministério da Saúde, e deve ser feito de maneira presencial.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o cadastro deve ser feito na Unidade Básica de Saúde mais próxima do adolescente, e prevê apresentação de CPF ou Cartão do SUS e comprovante de residência. Serviços como a próprio vacinação dão disponibilizados a partir deste cadastro.

A diretora de atenção à saúde de Campina Grande, Jaime Leal, afirmou que ainda durante a campanha de vacinação contra a Covid-19 o Ministério da Saúde identificou que há uma quantidade expressiva de pessoas entre 10 e 19 anos sem cadastro junto à atenção primária, o que pode impactar a notificação de doenças, gravidez na adolescência e no recebimento de recursos para a pasta.

Veja também  Detran-PB suspende transferência de veículos de outros estados no mês de dezembro

Estima-se que em Campina Grande existam mais de 72 mil pessoas na faixa etária determinada para cadastro na prefeitura, segundo dados do IBGE divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde. Desta quantidade, cerca de 20 mil não têm registro na saúde básica do município.