Bancários do BB paralisam atendimento em agências de João Pessoa nesta sexta

Eles protestam contra o fechamento de agências e plano de demissão de 5 mil funcionários.

Os funcionários do Banco do Brasil em João Pessoa paralisam o atendimento em agências nesta sexta-feira (15), em protesto contra o anúncio do fechamento de agências e o plano de demissão voluntária para dispensar 5 mil trabalhadores do banco. A paralisação será de 8h às 12h da manhã, nas agências da capital. Na agência da Praça 1817, também está programado um ato público para chamar a atenção da população.

O ato será uma das atividades de uma campanha contra a reestruturação. No mesmo dia também haverá um tuitaço e reuniões nas agências, além de diálogos com a população para explicar sobre o ataque ao banco público e suas consequências.

Uma reunião foi realizada pelo Sindicato dos Bancários da Paraíba e os funcionários do BB, na noite desta quinta-feira (14) de forma virtual para discutir formas de combater esse ataque.

Segundo informações preliminares, o banco não revela quantas agências serão fechadas no estado, mas existe a possibilidade do fechamento de pelo menos três agências. Em João Pessoa, a agência Parque Solon de Lucena, localizada no bairro de Tambiá, e a agência do Jardim Cidade Universitária serão fechadas. Em Campina Grande, a agência Jardim Paulistano, na Avenida Assis Chateaubriand deixará de funcionar.

“Essas medidas que a direção do BB chama de reestruturação, na verdade são parte da estratégia de enfraquecer o banco, tirar sua função social e precarizar ainda mais o atendimento aos clientes e usuários de serviços bancários, para facilitar a privatização da instituição financeira pública”, enfatiza o Sindicato dos Bancários da Paraíba.

 

Agências

 

De acordo com dados do Banco do Brasil na Paraíba, atualmente apenas 67 agências funcionam no estado, juntamente com 36 postos de atendimentos (PAAs). Esse número reduzido é fruto de outra reestruturação efetivada em 2018 quando diversas agências foram fechadas.

Só em João Pessoa foram quatro agências que tiveram suas atividades encerradas, a exemplo do Espaço Cultural Shopping Sul, Mag Shopping e Cabo Branco, como também no Partage Shopping em Campina Grande. Outras 11 foram transformadas em postos de atendimento, as agências da Rua Treze de Maio do Centro Administrativo Municipal, além das agências dos municípios de Aroeiras, Barra de Santa Rosa, Caiçara, Ingá, Jacaraú, Lagoa de Dentro, Salgado de São Félix, Tacima e Umbuzeiro