João Paulo Medeiros

Após reunião com Romero e PSDB, Bruno defende manutenção de candidatura da oposição

Foto: Ascom

Ator importante nas discussões iniciadas ontem, em Brasília, o prefeito de Campina Grande Bruno Cunha Lima (PSD) defendeu a manutenção de uma candidatura oposicionista ao Governo, em 2022.

As discussões entre a cúpula do PSDB e membros do PSD deverão ter continuidade hoje.

“Mantenho a minha posição de apoio a uma candidatura própria. Temos força suficiente para isso. Se depender de mim, Romero será o candidato da oposição ao Governo. Além de politicamente termos viabilidade, Romero tem um resultado muito positivo a mostrar ao Estado”, argumentou o prefeito, em entrevista à Rádio CBN hoje pela manhã.

Outros atores presentes no encontro de ontem, contudo, afirmaram que a reunião terminou com a sinalização de que Romero não deverá disputar o Governo.

A hipótese de uma candidatura do deputado Pedro Cunha Lima (PSDB) voltou a ser cogitada internamente.

Veja também  Justiça condena ex-candidato a prefeito de Patos e mais 4 por irregularidades em obras

Na avaliação de Bruno, tanto Romero como Pedro podem encabeçar a chapa oposicionista.