Fabi Cavalcanti
Miguel Cavalcanti

6 pontos a serem considerados ao escolher a creche do seu cão

Com as mudanças causadas pela pandemia e com o aumento das adoções de cães, as creches caninas viraram uma opção para auxiliar na rotina do seu cãozinho, principalmente, na volta ao trabalho presencial.
Porém, mais importante do que colocar em uma creche é escolher um estabelecimento que ofereça o que seu cão precisa e que realize um trabalho sério, comprometido com o bem-estar dos cães.

“Aumigos” da Dog Moke Escola Parque

Mas como escolher uma boa creche?

Aqui temos 6 dicas que irão te ajudar na hora de escolher uma creche canina.

● Verifique se existe uma exigência real da carteira de vacinação – se você esqueceu de levar a carteirinha para apresentar na creche, se faltou alguma das vacinas exigidas ou se as vacinas estavam atrasadas e seu cãozinho foi admitido mesmo assim, fique atento!

● Entenda o processo de admissão: os cães passam por alguma avaliação? E essa avaliação é realizada por profissional da área de comportamento canino? Como é feita a adaptação de cada cão?

● A creche trabalha com diárias avulsas ou os cães têm dias certos para ir? Como a creche gerencia o grupo de cães para a harmonia do grupo?


● Quais são os brinquedos disponíveis? São próprios para cães? Estão de acordo com o porte deles?
● Você recebe o feedback do dia a dia do seu cão?

● Quais os petiscos ofertados? É uma creche atenta às restrições alimentares?

Mas saiba também que a creche não deve ser a sua única alternativa – mesmo cães que frequentam creches devem ter outras atividades em casa para que todas as suas necessidades sejam supridas.

Passeios, manejo alimentar, limites e atividades que gastem a energia física e mental do seu cão devem estar presentes no seu cotidiano, sendo ele de creche ou não.