Fabi Cavalcanti
Miguel Cavalcanti

Otite em cães: o que fazer?

Apesar de ser comum em cães que apresentam as orelhas caídas, a otite pode acometer qualquer cãozinho.

Essa inflamação do conduto auditivo pode ter várias causas: bactérias, fungos, ácaros, alergias, corpo entranho são alguns dos fatores que podem causar a otite.

Os sintomas mais comuns são:

  • Balançar a cabeça
  • Coceira na orelha
  • Excesso de cera
  • Secreção no ouvido
  • Forte odor na região das orelhas
  • Vermelhidão
  • Dor ao ser tocado

Em casos mais graves, a otite pode resultar em um problema neurológico, além de comprometer a audição do cão.

Se você observar algum desses sinais em seu cão, leve-o ao veterinário.

Sabemos que existem muitas medicações disponíveis e de fácil acesso, mas é imprescindível saber a origem do problema.

Vamos supor que seu cãozinho esteja com uma bactéria e você utilize uma medicação antifúngica –  além de não ter resultado, a otite do seu cão pode até piorar; e o organismo criar uma resistência a substância utilizada.

É fundamental que o veterinário faça um exame para buscar a causa da otite e medicar o seu cão corretamente.

Já olhou as orelhinhas do seu peludo hoje?