Romaria da Penha 2023: confira o plano de segurança e monitoramento

Mais de 1.400 agentes provenientes das Forças de Segurança do Estado e instituições parceiras estarão distribuídos pela Romaria da Penha.

Divulgação/Pascom

O plano de segurança e monitoramento para a Romaria da Penha de 2023 foi divulgado nesta quarta-feira (22) pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social da Paraíba (Sesds). O evento religioso acontece no sábado (25) e vai contar com mais de 1.400 agentes das forças de segurança.

O trajeto da Romaria da Penha tem 14 quilômetros e inicia na Igreja de Lourdes, no Centro de João Pessoa, e segue até a praia da Penha, cerca de 500 mil devotos devem participar do evento.

O epicentro da operação de segurança da Romaria será o Gabinete Integrado de Monitoramento e Gestão que será montado no Centro Integrado de Comando e Controle de João Pessoa (CICC).

Além disso, o gabinete será abastecido com recursos tecnológicos de ponta para o monitoramento e supervisão, sendo eles:

  • 10 câmeras corporais do tipo bodycam;
  • Duas vans equipadas com seis câmeras PTZ, que proporcionam visualização móvel em 360º e zoom em alta definição; e
  • Três aeronaves remotamente pilotadas (RPA).
Romaria da Penha 2023: confira o plano de segurança e monitoramento
Foto: Rafael Passos

Serão distribuídos um contingente de mais de 1.400 agentes provenientes das Forças de Segurança do Estado e instituições parceiras. A atuação da Polícia Militar vai contar com 910 agentes, que estão divididos entre entre 542 a pé e 368 em meios motorizados.

A Polícia Civil, também vai contar com duas delegacias móveis instaladas na:

  • Praça da Paz,
  • Bairro dos Bancários, e
  • Santuário da Penha,

Além do reforço de equipes plantonistas e aberturas de polos de plantão para atuação, durante a Romaria, nas sedes da 2ª Delegacia Distrital (Centro), 9ª Delegacia Distrital (Mangabeira) e Delegacia Móvel, destinados ao registro de ocorrências e lavratura de procedimentos policiais decorrentes do evento, totalizando o emprego de 26 policiais civis e seis viaturas no evento. O Corpo de Bombeiros mobilizará 260 militares.

Os agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob) também marcarão presença na Romaria, disponibilizando 100 integrantes, ao lado da Guarda Civil Metropolitana, que mobilizará 100 membros. Um contingente de 115 viaturas policiais também estará à disposição para reforçar a segurança ao longo do evento religioso.

Romaria da Penha 2023: confira o plano de segurança e monitoramento
Divulgação/Pascom

Recursos de Tecnologia Empregados no Centro Integrado de Comando e Controle de João Pessoa

  • Dez câmeras corporais tipo bodycam;
  • Duas Vans de monitoramento equipadas com: 6 câmeras PTZ com visualização móvel, alcance em 360º e zoom em alta definição;
  • Três aeronaves remotamente pilotadas (RPA);
  • Câmeras do CICC (37) e SEMOB (29), totalizando 66 câmeras.

Recursos utilizados pela Polícia Militar

  • Efetivo a pé empregado: 542
  • Efetivo motorizado empregado: 368
  • Efetivo total empregado: 910

Recursos utilizados pela Polícia Civil

  • 26 policiais;
  • Duas delegacias móveis (Praça da Paz e Santuário da Penha);
  • Delegacias abertas com pólos de plantão além do reforço de equipes plantonistas e aberturas de polos de plantão: 2ª Delegacia Distrital (Centro) 9ª Delegacia Distrital (Mangabeira);
  • Seis viaturas.

Recursos utilizados pelo Corpo de Bombeiros Militar

  • 260 militares;
  • Viaturas: 30 veículos operacionais; uma embarcação MSA;
  • Um drone.