Após suspensão, concurso da Prefeitura de Mari é reaberto em 22 de novembro

Concurso é válido por dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois.

Foto: Divulgação

O concurso tinha sido suspenso pela 2ª Vara Mista de Sapé, após pedido do Ministério Público da Paraíba, pois segundo o MPPB, o edital não cumpria o percentual mínimo exigido por lei de vagas destinadas a pessoas com deficiência. Após a decisão, o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib) e a Prefeitura readequaram o edital do concurso para tornar ainda mais claras as especificações das vagas PCD, para atender a requisição do Ministério Público.

De acordo com a prefeitura, o concurso é válido por dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois. A convocação dos candidatos selecionados no cadastro de reserva ocorre nesse período, caso a administração pública precise preencher cargos que fiquem vagos por motivos de aposentadoria, desistência ou mesmo pela criação de novas vagas.

Os salários iniciais variam de R$ 1.045 a R$ 2.492. Alguns cargos contam com gratificações, sendo a menor no valor de R$ 200 para técnico de enfermagem e a maior de R$ 7.546 para médicos.

Vagas disponíveis no concurso da Prefeitura de Mari

  • Auxiliar de Serviços Gerais;
  • Vigia; Pedreiro;
  • Motorista;
  • Cozinheiro;
  • Eletricista;
  • Agente Administrativo;
  • Agente Comunitário de Saúde;
  • Agende de Arrecadação e Tributos;
  • Digitador; Advogado;
  • Fonoaudiólogo;
  • Fisioterapeuta;
  • Assistente Social;
  • Farmacêutico;
  • Médico;
  • Pedagogo e Professor de Várias Disciplinas.

De acordo com o Idib, os locais de prova vão adotar os protocolos de biossegurança, como borrifação de desinfetante no imóvel, equipamentos e objetos antes e após os exames. As regras, também, incluem limpeza das solas dos calçados em tapete especial e medição de temperatura corporal logo na entrada do local de provas; distanciamento de 1,5m entre as pessoas; uso de álcool gel, luvas e máscaras. Uma ambulância particular ficará à disposição no local.