Campinense aposta em juventude e experiência para defender sua meta na Série D de 2023

Com atletas experientes e com uma promessa da base, ainda é incerta a decisão de quem será o goleiro titular do Campinense no segundo semestre.

Gabriel Félix, goleiro do Campinense – Foto: Samy Oliveira / Campinense

Com a saída de Otávio Passos, que foi o titular absoluto no gol do Campinense durante o Campeonato Paraibano Betino 2023, a Raposa precisou reformular suas opções de goleiros para a Série D do Campeonato Brasileiro. Dois goleiros experientes foram contratados pelo clube: Gabriel Félix e Gleibson. Além deles, o clube ainda conta com o jovem Matheus, atleta da base rubro-negra.

O recém-chegado Gabriel Félix falou sobre a disputa pela titularidade na meta da Raposa.

“O Gleibson é um grande goleiro, experiente. Acho que quem ganha é o Campinense tendo dois goleiros de alto nível. Tem também o Matheus, da base, que é outro excelente goleiro. Então, acho que vai ser uma disputa sadia. A gente vai brigar, no bom sentido, dentro de campo, e quem estiver melhor vai receber a oportunidade e defender as cores do Campinense”.

Conheça as opções da meta do Campinense

  • Gabriel Félix

Com uma passagem notável pelo Vasco da Gama, o goleiro de 28 anos acumula passagens por vários clubes, como Foraleza, São Bento e Luverdense. Recentemente, o goleiro trabalhou junto ao treinador Luan Carlos no Camboriú. Pelo Cruzmaltino, o atleta foi bicampeão carioca (2015 e 2016). Já pelo Leão do Pici, o arqueiro foi campeão da Série B do Campeonato Brasileiro (2018). Sua última passagem foi pelo Velo Clube, de São Paulo.

  • Gleibson

O mais experiente entre as três opções do técnico Luan Carlos, o goleiro de 35 anos acumula passagens por diversos times nordestinos. Entre eles, destaca-se o Ferroviário, onde o atleta foi campeão da Série D do Campeonato Brasileiro de 2018. Em 2008, ele passou pela Paraíba, jogando pelo elenco sub-21 do Sousa. Seu último clube foi a Juazeirense, da Bahia.

  • Matheus

Outra opção é o jovem Matheus, atleta da base do Campinense, que foi incorporado ao elenco principal. Apesar de não ter atuado profissionalmente ainda, o goleiro de 19 anos tem chances de ganhar espaço no time de Luan Carlos.