Campinense inicia semana buscando encorpar elenco de olho na Série C

Desejo da diretoria raposeira é ter, ao menos, 15 atletas fechados com o clube até o fim dessa semana. Até o momento foram seis novas caras anunciadas pelo clube.

O Campinense quer deixar para trás toda a má impressão deixada no início da temporada. Muito por isso o clube segue ativo no mercado de transferências em busca de reforços que possam fazer a diferença para o clube na disputa da Série D do Campeonato Brasileiro de 2023. Com seis contratações que desembarcaram na Toca da Raposa nos últimos dias, a expectativa da diretoria é que, no decorrer desta semana, mais reforços e renovações sejam anunciados para, com isso, dar a possibilidade de o técnico Luan Carlos já esboçar os primeiros rascunhos do time de olho na 4ª divisão.

Nos últimos dias foram seis as caras novas que chegaram ao Campinense. Além do atacante Matheus Lagoa, do goleiro Gabriel Félix e do volante Bruno Henrique, o Rubro-Negro também anunciou as contratações dos atacantes Riquelme, de 21 anos, que estava no Vila Nova-GO, Alex Oliveira, de 23 anos, destaque do CSP na atual edição do Campeonato Paraibano, e Gilvan, de 30 anos, que defendeu a Aparecidense-GO nas últimas três temporadas.

De acordo com o setorista do Campinense na Rádio CBN de Campina Grande, o repórter Afonso Carlos, a alta cúpula cartola quer, até o fim desta semana, ter, ao menos, um total de 15 a 16 nomes, entre reforços e permanências, confirmados no plantel que disputará a Série D do Campeonato Brasileiro pelo clube, última competição do calendário raposeiro em 2023 e única forma de garantir um calendário para o segundo semestre raposeiro em 2024.

Além da chegada de novas caras e a manutenção de velhos conhecidos, a diretoria deve divulgar também nos próximos dias algumas dispensas. Foi o que aconteceu com o goleiro Samuel Pires, que, também de acordo com o repórter Afonso Carlos, foi dispensado do clube e não segue no time para a sequência da temporada. A confirmação do desligamento do atleta deve ser oficializada nos próximos dias.

De acordo com a assessoria de imprensa do clube, apesar de os trabalhos terem início no Renatão já nesta segunda-feira, os trabalhos técnicos e táticos sob a batuta de Luan Carlos deve ter início na terça-feira. Vale lembrar que o Campinense faz a sua estreia na 4ª divisão nacional no dia 6 de maio, indo até o Ceará para enfrentar o Pacajus, pelo Grupo 3. A chave ainda conta com as outras equipes paraibanas da competição, o Sousa e o Nacional de Patos. Globo FC, Iguatu, Potiguar de Mossoró e Santa Cruz também serão adversário da Raposa.