Concurso da UEPB e pesquisa para governador são destaques da semana

Internautas escolheram notícias destaque da semana nas redes sociais do Jornal da Paraíba.

Central de aulas na UEPB em Campina Grande – Foto: Divulgação

A notícia sobre a publicação do edital para o concurso público para professor da UEPB foi a de maior destaque da semana, para os internautas que acompanham o Jornal da Paraíba nas redes sociais, com 100% dos votos. Já a matéria sobre a pesquisa para governador na Paraíba, do Ipec, ficou em segundo lugar, com 83% dos votos.

Começaram na sexta-feira (23) as inscrições para o concurso para professor efetivo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). São 50 vagas para professores em seis campi da instituição. O edital está disponível no Diário Oficial do Estado da Paraíba (DOE-PB).

Outro assunto escolhido pelos internautas foi a 2ª pesquisa para governador na Paraíba, realizada pelo Ipec, contratada pela TV Cabo Branco. João Azevêdo (PSB) lidera a corrida eleitoral para o governo do estado, com 35% das intenções de voto.

Em seguida, vem Pedro Cunha Lima (PSDB), que passou de 16% para 20% das menções; Veneziano (MDB), com intenções de voto que saíram de 14% para 15%, no levantamento atual; e Nilvan Ferreira (PL), que vai de 15% para 14% das menções. Adjany Simplicio (PSOL), Adriano Trajano (PCO), Major Fábio (PRTB) e Nascimento (PSTU) oscilam, são citados, mas não atingem 1% das intenções de voto, cada.

Além do concurso da UEPB e da pesquisa para governador da Paraíba, o caso do ator José Dumont continua em evidência. A notícia sobre um jovem que frequentou a casa do ator e contou como ele se aproximava das crianças foi considerada relevante por 75% dos seguidores.

O ator paraibano foi preso em flagrante pela Polícia Cívil do Rio de Janeiro por suspeita de estupro de vulnerável e armazenamento de pornografia infantil também no dia 15 de setembro. O artista, de 72 anos, é investigado por ter supostamente mantido um relacionamento com um fã de 12 anos. Ele teria trocado beijos e carícias íntimas com o menino. As ações teriam sido gravadas por câmeras de circuito de segurança.

José Dumont já chegou a ser denunciado na Paraíba, em 2009, por supostamente encontrar-se com crianças e adolescentes, em troca de doces e dinheiro. Os crimes de estupro de vulnerável aconteciam no apartamento que ele tinha em Cabedelo, na Grande João Pessoa. O ator é investigado em um inquérito policial sobre este caso desde 2013,