Bombeiros suspendem buscas a crianças desaparecidas em mangue

Segundo parentes, maré subiu muito rápido em Lucena e levou as duas crianças de 9 e 5 anos de idade. Buscas devem ser retomadas na segunda-feira pela manhã.

Karoline Zilah

O Corpo de Bombeiros precisou suspender temporariamente as buscas às duas crianças que desapareceram na tarde deste domingo (20) no mangue às margens do rio numa localidade conhecida como Pitombeira, em Lucena, no Litoral Norte.

Segundo parentes, os moradores do Porto do Capim foram passar o dia em Lucena. Oarte do grupo se distanciou para colher frutas, enquanto as duas crianças ficaram num banco de areia. Valéria, de 9 anos, e Elias, de 5 anos de idade, teriam sido levados pela força da água do rio, que subiu rapidamente sem que os responsáveis por elas percebessem.

O Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop – 190) recebeu uma ligação por volta das 14h informando sobre o desaparecimento.

A operação de resgate precisou ser suspensa porque, segundo os bombeiros, a maré estava alta e a equipe sequer conseguiu chegar ao local indicado pelos parentes das meninas.

A expectativa é de que o trabalho seja retomado na segunda-feira (21) pela manhã.