Cavalaria da PM é liberada de quarentena após suspeita de doença

Animais estavam em quarentena há cerca de dois meses com suspeita de mormo, zoonose infecto-contagiosa que pode ser fatal em humanos.

Karoline Zilah
Com informações da TV Cabo Branco

Os 66 cavalos que estavam de quarentena há cerca de dois meses com suspeita de zoonose foram liberados do isolamento na segunda-feira (1), podendo retornar às atividades. Os animais da cavalaria da Polícia Militar da Paraíba estavam isolados no Parque de Exposições Henrique Vieira de Melo, no bairro do Cristo, em João Pessoa.

Esta semana, foram conhecidos os resultados dos exames, que deram negativo para o mormo, uma doença infecto-contagiosa causada por uma bactéria que pode levar o paciente humano à morte.

O comandante geral, Marcos Antônio Jácome, autorizou a quarentena em abril, depois que alguns animais apresentaram sintomas da doença. Na época, Hermes Barbosa, superintendente federal do Ministério da Agricultura na Paraíba, afirmou que se tratava apenas de uma suspeita, mas preferiu optar pelo isolamento até que os exames fossem concluídos.