Confira a cor de roupa que combina com o seu tom de pele

Colunista fala sobre as cores que mais valorizam cada tom de pele dentro da grande mistura étnica que é o Brasil.

Agda Aquino*, especial para o Paraíba1

O Brasil é um dos países com a maior mistura étnica do mundo. Basta ir para as ruas para perceber que a cor do povo brasileiro é a mais diversificada possível. Mas o que é uma festa para a beleza multirracial do país pode causar dificuldades na hora de se vestir. Você, por exemplo, sabe qual a cor da sua pele e quais as cores de roupas que mais te valorizam?

A ideia principal para saber se uma cor dá certo ou não com você é o princípio de que ela ilumine seu rosto. As cores refletem luz e as peças que ficam próximas ao rosto devem ser as que recebem mais atenção. Elas têm que ajudar você a parecer mais leve, com menos cansaço, amenizar olheiras e ajudar a deixar uma carinha mais saudável. Para explicar de maneira mais simples, podemos dividir as peles em três cores básicas:

Clara

Quem tem a pele branquinha fica bem em cores vivas como verde-piscina, lilás, rosa, cinza clarinho e bege. Cores escuras demais, como preto, marrom e azul marinho ficam muito fortes e contrastantes. Para quem tem também o cabelo muito claro, valem os tons pastéis de rosa, azul e amarelo, além dos cinzas. Quem tem a pele mais rosada fica bem com azul e tons de vermelho e rosa.

Morena

Nesse tom de pele caem bem cores com tons mais fechados e intensos, como roxo, verde-bandeira, azul marinho e vermelho opaco. Quem também tem os cabelos escuros pode apostar em tons de oliva e de terra.

Negra

Quando o cabelo também é escuro, as cores mais escuras e fechadas funcionam muito bem, azul marinho, marrons, pretos, cinzas, verdes fortes, etc. Se o cabeço for mais claro, aí dá pra apostar em tons claros e mais abertos. Mas eu sempre acho lindo mulheres negras usando branco, um contraste clássico na cultura brasileira.

Isso não significa que você só vai usar as cores exatas que combinam com seu tipo de pele. Faça um teste: vista a peça e repare no espelho se a sua expressão facial ficou mais leve ou mais pesada. Esse é na verdade o grande segredo de combinar bem a roupa com você e não só com a tendência que está em vigor.

* Agda Aquino é jornalista formada pela UFPB com formação em Design de Moda. Fez especialização pela Universidade Potiguar, onde pesquisou a relação da moda com a comunicação e com a credibilidade. É mestranda em Estudos da Mídia pela UFRN, onde estuda a moda utilizada pelo jornalista de televisão.