Francofonia tupiniquim

Escolas de idiomas da capital divulgam programação relativa ao Dia Mundial da Francofonia, confira.

Este ano, o Dia Internacional da Francofonia tem um significado especial para o Brasil: comemorada hoje, a data pode marcar o ingresso do país como membro observador da Organização Internacional da Francofonia (OIF), que reúne países em que a língua francesa é oficial ou está entre os idiomas mais falados.

Celebrada mundialmente com uma programação que se estende por todo o mês de março, o Dia Internacional da Francofonia já teve suas prévias em João Pessoa com um ciclo de documentários promovido pela Aliança Francesa. Segundo Mikael de la Fuente, diretor da instituição, as atividades culturais serão retomadas no final desta semana e no final do mês com apresentações musicais gratuitas.

Na próxima sexta-feira, às 20h, o duo franco-brasileiro Jean Kapsa e Alex Corresi faz um recital de saxofone e piano na Igreja de São Francisco. No dia 31 de março, às 20h, o congolês Bajoli e a Orquestra Katuba fazem show no Teatro de Arena.

Veja também  Festival cultural para surdos acontece nesta quinta-feira (28), em Campina Grande

Para Mikael de la Fuente, o Dia Internacional da Francofonia é importante não tanto por promover a França, berço do idioma, mas os países que fazem do francês uma língua com 250 milhões de locutores.

O Yázigi também divulgou uma programação gratuita, no final desta semana, em homenagem à francofonia: na sexta-feira, a partir das 19h, a escola de idomas abre as portas para o público para uma palestra sobre o tema e uma oficina de moda e música francesa. No sábado, haverá uma pequena mostra de cinema francês.