Cabruêra comemora 20 anos do primeiro disco com temporada de shows em João Pessoa

Shows de abril marcam mais uma breve despedida da Cabruêra da Paraíba.

Foto: Divulgação/Augusto Pessoa
Turnê vai contar com a participação de músicos convidados (Foto: Divulgação/Augusto Pessoa)

A Cabruêra comemora neste mês de abril 20 anos de lançamento do 1º disco, que leva o nome da banda. Para celebrar o aniversário do trabalho que lhe abriu as portas do mundo, o grupo paraibano vai fazer uma série de quatro shows em João Pessoa tocando na íntegra o repertório do álbum. As apresentações, que começam neste sábado (6), também marcam mais uma breve despedida da Cabruêra da Paraíba. Já que depois da curta temporada a banda parte para mais uma turnê internacional, a 19ª em duas décadas, quando também vai ser lançado o novo disco, ‘Sol a Pino’.

“É um momento simbólico, de retorno à nossa origem e de encontro com um passado que define quem somos hoje. Também porque é um disco especial pra muita gente e queremos entregar ao nosso público a oportunidade de ouvirem essas músicas de novo ao vivo”, afirma o líder, vocalista e único remanescente da formação original da Cabruêra, Arthur Pessoa, sobre a ideia de comemorar o aniversário de 20 anos do álbum.

Gravado em 1999 no SG Studio em João Pessoa, com produção de Rosildo Oliveira, a estreia da Cabruêra tem 12 músicas e apresenta a identidade musical que a banda carrega até hoje: a de se inspirar em várias fontes, uma verdadeira antropofagia musical nordestina.

“Ele foi a consequência daquele início da banda em Campina Grande nos idos de 1998 na Universidade Federal da Paraíba. Eram músicas que já tocavam nos shows e chegou um momento que resolvemos registrar num primeiro trabalho autoral. Em 99 já estávamos morando em João Pessoa e foi o momento que convidamos o Rosildo Oliveira pra produzir o álbum. Também tínhamos como objetivo ter o disco pronto antes de iniciarmos a nossa primeira turnê pela Europa. Quando o disco foi finalizado nos prensamos uma pequena quantidade e levamos pra turnê na Europa”, relembra Arthur Pessoa.

O disco foi lançado no Brasil pela Nikita Music, do Rio de Janeiro, e nos Estados Unidos e no Canadá, pela Allegro Records.

Ex-integrantes voltam a tocar com a Cabruêra

Os shows em comemoração ao lançamento do disco vão acontecer no Recanto da Cevada, no bairro dos Bancários. Cada uma das quatro apresentações vai contar com a presença de convidados especiais. Na primeira, foram confirmados os músicos Lucas Dan, na sanfona, e Cassi Cobra, na percussão.

Arthur adianta que os ex-integrantes da banda que participaram da gravação do disco, Orlando Freitas, Ely e Emy Porto e Fredi Guimarães, estão na lista dos convidados. “São amigos queridos e queremos ter a oportunidade para esse reencontro de vida e música celebrando essa trajetória de 20 anos”, destaca.

Veja também  ‘O Senhor dos Anéis’, ‘Sandman’, ‘House of the Dragon’ e mais: as séries aguardadas para 2022

Se esses ex-integrantes devem participar de ao menos um show, um outro estará presente de forma especial em toda a temporada: Zé Guilherme. Ex-vocalista e percussionista da banda nos dois primeiros discos, o músico morreu em 2018. Zé canta duas músicas em ‘Cabruêra’.

“Em uma usaremos o sample com a voz dele e na outra eu canto. Será também uma homenagem ao grande músico e ser humano que Zé representa pra todos da banda”, afirma Arthur Pessoa.

Zé sofreu um infarto em um acampamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) (Foto: Divulgação)

Mais uma turnê fora do Brasil

Após a temporada em comemoração ao lançamento do disco, a Cabruêra embarca para mais uma turnê durante o verão europeu, com shows confirmados, até o momento, em Berlim e Praga, incluindo a participação no ‘Colors of Ostrava’ na República Tcheca. O festival é considerado um dos maiores festivais do Leste Europeu e que vai contar com artistas com The Cure no line up.

“São 18 turnês internacionais incluindo uma na África e duas nos EUA, além de shows na América Latina na Colômbia e Argentina. Estamos próximos de completar 100 shows internacionais em 20 anos de turnê por 19 países”, reforça o vocalista da Cabruêra.

Cabruêra vai se apresentar fora do Brasil mais uma vez (Foto: Augusto Pessoa/Divulgação)

‘Sol a Pino’

A Cabruêra anunciou há um ano que estava finalizando um novo disco, o sexto da carreira da banda. Arthur confirmou que o trabalho está pronto, já tem nome e prazo para ser divulgado: ‘Sol a Pino’ deve ser lançado entre junho e julho, durante a nova turnê europeia.

‘Sol a Pino’ vai ser o sucessor de ‘Nordeste Oculto’, de 2012, que foi lançado dentro de um projeto multimídia chamado Visagens Nordestinas. O último álbum foi produzido pelo sitarista Alberto Marsicano, sendo um dos últimos trabalhos do artista, que morreu em 2013. Arthur relata que ele foi quem escolheu o nome do novo disco antes de morrer.

“ [O álbum] sairá por um selo da Colômbia chamado Pólen Records e foi produzido por Felipe Alvarez de Bogotá”, conta o líder da Cabruêra.

 

Serviço

Cabruêra: Loa de Chegança (Álbum #01)

06/04 (sábado) às 20:30h

Couvert Artístico R$10

Recanto da Cevada – Rua Bancário Waldemar de Mesquita Accioly, 53 – Bancários