Evento discute políticas públicas voltadas para indígenas da etnia Tabajara

O ‘1º Grito indígena Tabajara’ tem o objetivo de fortalecer a identidade dos povos originários da Paraíba

Povos Tabajara (Foto: Kleide Teixeira/Arquivo)
Povos Tabajara (Foto: Kleide Teixeira/Arquivo)
Povos Tabajara (Foto: Kleide Teixeira/Arquivo)

Nesta segunda-feira (29), o Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões, do Centro de Educação (PPGCR-CE) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e a comunidade indígena da etnia Tabajara na Paraíba, promovem o ‘1º Grito Indígena Tabajara’. O evento acontece na Aldeia Vitória, na região da Mata da Chica, no município do Conde, na grande João Pessoa.

O ‘Grito indígena Tabajara’, vai promover debates sobre políticas educacionais e políticas públicas voltadas para a população indígena paraibana, além de uma discussão sobre a garantias de direitos constitucionais aos grupo nativos brasileiros. O evento deve contar com a presença do governador João Azevedo; a reitora da UFPB, Margareth Diniz e o Secretário de Educação do Estado, Aléssio Trindade.

A demarcação do território tabajara no Estado também vai estar em discussão nas rodas de debate. Para o professor Lusival Antônio Barcellos, um dos organizadores do evento, a programação ajuda a difundir a importância desses indígenas para a história da Paraíba.

Veja também  Gavião Arqueiro: série da Marvel estreia com dois episódios

“Foi entregue em 2018, à Funai, o estudo sobre a demarcação da terra Tabajara, que tem em torno de 3.600 quilômetros quadrados [km²] e isso também vai estar em pauta, na mesa que avalia os direitos constitucionais desses povos”, disse. “Os Tabajaras foram os que fundaram João Pessoa e todo Litoral Sul. Chegou o momento de darmos a importância que eles merecem enquanto povo originário e escutar deles todas as necessidades, reivindicações com relação às vários temas”, afirmou o professor.

Qualquer pessoa pode participar do evento. As inscrições serão realizadas no local e a programação segue até a terça-feira (30). Durante os dois dias do ‘Grito indígena Tabajara’, os visitantes poderão conhecer ainda o artesanato, gastronomia e pintura dos povos Tabajara.

 

Confira programação