Filmes sobre Suzane von Richthofen, com Carla Diaz, estreiam nesta sexta-feira (24)

Filmes, segundo a atriz, foram gravados em 33 dias e contam a história do crime conhecido como “Caso Richthofen”.

Os filmes com a atriz e ex-BBB Carla Diaz, chamados de “A menina que matou os pais” e “O menino que matou os pais”, foram disponibilizados nesta sexta-feira (24) na plataforma de streaming Amazon Prime Video. No longa, a atriz interpreta Suzane von Richthofen, jovem que, em outubro de 2002, matou os pais no bairro do Campo Belo, zona sul de São Paulo. O crime tomou repercussão nacional e chocou o Brasil inteiro.

O filme, que foi anunciado em 2018 e interrompido por causa da pandemia da Covid-19, não foi lançado nos cinemas e teve a sua estreia na plataforma Prime Video. O gênero do filme é drama e tem direção de Mauricio Eça e Roteiro de Ilana Casoy Raphael Montes. Fazem parte do elenco atores como Carla Diaz, Leonardo Bittencourt, Allan Souza Lima, Leonardo Medeiros e Vera Zimmermann.

Veja também  Em documentário, Maria Valéria Rezende fala sobre o Mulherio das Letras

Ainda enquanto estava na casa do BBB, a atriz falou sobre como foi gravar o filme, em conversa com o cantor Fiuk:

A gravação a gente rodou em 33 dias, os dois filmes. Foi muito corrido. Foi realmente desafiador”, contou Carla Diaz.

Nas redes sociais, a atriz comemorou o lançamento do filme, que aconteceu nesta quarta-feira (24), e falou que estava muito feliz com a estreia.