Ney Matogrosso é um dos convidados com presença confirmada no Fest Aruanda; confira programação

Com mais de 60 filmes, debates, oficinas e homenagens especiais, nesta edição o festival se expande e contempla longas já exibidos em circuitos de festivais da Europa e Estados Unidos.

A programação completa do Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro 2021 foi divulgada nesta quinta-feira (2). Entre as presenças especiais no Aruanda, estarão presencialmente o cantor Ney Matogrosso. A 16º edição do festival acontece entre 09 a 15 de dezembro, de maneira híbrida nas salas da Cinépolis (Manaíra Shopping) e Plataforma AruandaPlay.

A solenidade de premiação será na quinta-feira (14), também na sala 9 do Cinépolis. A programação completa está no
site do evento.
O cantor Ney Matogrosso terá uma biografia lançada pelo escritor Júlio Maria e o ator Luiz Carlos Vasconcelos, que estreia como diretor de cinema com o curta ‘Aluísio, o Silêncio e o Mar’.
Com mais de 60 filmes, debates, oficinas e homenagens especiais, nesta edição o festival se expande para a internacionalização e contempla longas brasileiros já exibidos em circuitos de festivais da Europa e Estados Unidos. Entre os homenageados desta edição estão o maestro, compositor e regente José Siqueira, e o cineasta paraibano Ely Marques, ambos in memoriam. Também serão homenageados o diretor e roteirista W. J. Solha, o o ator Othon Bastos e a cineasta premiada Cristina Amaral.
Além dos debates, o Aruanda trará ações de formação, como a Oficina Aruanda Cagepa de Roteiro para Animação, com o diretor e roteirista Frederico Pinto, e o II Laboratório Aruanda Energisa Projetos Narrativas Híbridas (Doc, Fic ou ambos), com a diretora e roteirista Susanna Lira. Todas serão on-line.
Entre as presenças especiais no Aruanda, estarão presencialmente o cantor Ney Matogrosso e o ator que estreia como diretor, Luiz Carlos Vasconcelos.
O primeiro lançamento será na sexta-feira (10). Trata-se do livro “Utopia da Autossutentabilidade – Impasses, desafios e conquistas da Ancine”, de autoria de Marcelo Ikeda. A obra narra a trajetória da Agencia Nacional do Cinema, que neste ano completou 30 anos de existência – e resistência, sendo responsável pela retomada do audiovisual brasileiro.
Já no sábado (11), a programação de lançamento tem o olhar voltado para a Paraíba, com o livro “Paulo Pontes: a arte das coisas sabidas”. Escrito pelo dramaturgo, ator e diretor, Paulo Vieira, a obra foi reeditada neste ano de 2021 pela Editora A União.
O ciclo de lançamentos se encerra na quarta-feira (15), com a biografia de um dos maiores ícones da música brasileira. Intitulada “Ney Matogrosso, a biografia”, a obra foi escrita por Júlio Maria e mergulha no universo do intérprete, revelando sua trajetória até chegar ao símbolo performático em que se tornou.
Mostras e premiações – As exibições dos filmes serão realizadas na sala 9, com capacidade de 50%, de acordo com as orientações das autoridades sanitárias.

Veja também  Anitta integra elenco de nova animação do produtor de ‘Minions’