Exposição sobre indígenas potiguara é aberta no ‘Museu dos Três Pandeiros’, em Campina Grande

Obras da fotógrafa Paizinha Lemos estão abertas à visitação pública.

Exposição Índios Potiguara no MAAP, em Campina Grande

O Museu de Arte Popular da Paraíba (MAAP), conhecido como Museu dos Três Pandeiros, em Campina Grande, está com a exposição “Potiguara: Cenas e Poemas” aberta ao público. As obras são da fotógrafa Paizinha Lemos, da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

As fotografias são resultado de um trabalho feito na Aldeia Galego, Alto do Tambá, na Baía da Traição, litoral Norte do Estado. Segundo a organização, a exposição faz parte da programação artística em alusão à Semana dos Museus.

Veja também  Arthur Aguiar e Lucas Veloso vão protagonizar comédia no cinema: “humor para toda família”

São mais de 400 fotos, das quais 30 estão expostas no MAAP.

“Isso para eles é fantástico. Ficamos felizes em poder proporcionar esse momento a este povo que sofre tanto. Os nossos indígenas realmente são os donos daquela terra, mas não tem o valor devido”, disse a fotógrafa e autora da exposição.

O MAAP é aberto ao público, no largo do Açude Velho, e a exposição está no local desde a última terça-feira (17), quando foi inaugurada com a presença de vários representantes indígenas potiguaras.