Repentistas de ‘Mar do Sertão’: paraibanos Juzeh e Lukete falam sobre personagens

Paraibanos interpretam repentistas que fazem rimas no final de cada capítulo da novela.

Foto: Eduardo Brito/Divulgação/Lukete

Os paraibanos Juzeh (Zé Neto) e Lukete (Lucas Queiroga) interpretam respectivamente Totonho e Palmito, os repentistas de ‘Mar do Sertão’. A dupla faz rimas no final de cada capítulo sobre o que vem por aí. Os personagens estão entre os assuntos mais comentados nas redes sociais sobre a nova novela das 18h da Globo, que estreou na última segunda-feira (22).

Lukete já estava escalado para o elenco com outro personagem, o Júnior Palmito, até que o diretor artístico da novela, Allan Fiterman, convidou ele e Juzeh para fazerem os dois repentistas. A ideia, até então, é que os personagens fiquem até o final da novela.

“Eu já estava na novela com o personagem Júnior Palmito, um tipógrafo, ajudante de Eudoro Cidão, do jornal Gazeta de Canta Pedra. Depois, o diretor artístico da novela Allan Fiterman, fez um convite a mim e a Juzeh para fazermos uma dupla de repentistas”.

Juzeh deu mais detalhes sobre como foi o convite feito durante uma conversa com o diretor artístico de ‘Mar do Sertão’, em um restaurante, duas semanas antes da novela começar.

Em uma conversa, Allan Fiterman, nosso diretor, comentou sobre a ideia que estava na cabeça. Sugerimos fazer os textos. De bate pronto ele sugeriu sermos nós em cena. E daí diante de muita euforia, topamos. A coisa foi andando, passamos por vários testes, conversas. Mostramos nossos textos e diálogos feitos em poucos dias e fomos aprovados num teste rigoroso com um júri de vários diretores da novela”.

Para cada capítulo, Juzeh e Lukete criam novos textos e seguem melodias diferentes. Para a preparação, eles estudam e se inspiram em poetas populares nordestinos, de nomes com maior notoriedade como Oliveira de Panelas aos artistas de rua. “Estamos em constante estudo, ouvindo os cantadores como: Oliveira de Panelas, Ivanildo Vilanova. Os emboladores de rua, de ônibus”, cita Lukete.

Juzeh ainda acrescenta entre as inspirações para os personagens nomes paraibanos como Os Nonatos, Cristovam Tadeu, Marcelo Piancó e Swami Marques.

Ivanildo Vila Nova, Oliveira de Panelas, Daudeth Bandeira. Os Nonatos. Bráulio Tavares. E vários grandes cantadores como Xangai, Elomar, Geraldo Azevedo, Mestre Fuba. Cantadores da vida, do povo, da lida. Bem como os contadores de histórias que eu tive o privilégio de conviver e ver de perto. Nairon Barreto, Cristovam Tadeu, Marcelo Piancó, Swami Marques e tantos talentos desse Nordeste lindo”.

O sentimento pelo trabalho e a repercussão positiva entre o público são motivos de alegria para os dois paraibanos. Lukete diz que está vivendo uma realização: Eu tô no céu! Eu amo esse universo e almejei muito estar em um projeto como esse. Quero fazer novela, quero fazer cinema, fazer mais teatro. Vivo uma realização”.

Juzeh destaca ainda a importância dos personagens na novela das 18h. “É um sonho de vida cantar para o Brasil, repentes com nosso sotaque, universo. Nossas rimas, texto nosso, numa novela das 6, todos os dias. Isso é incrível!”, acrescentou.