Morre aos 72 anos o homem que tocou bateria em Imagine, de John Lennon

Alan White era uma celebridade no mundo do rock. O músico inglês morreu nesta quinta-feira (26) depois de enfrentar uma breve doença, segundo o comunicado da família. Estava com 72 anos.

Primeiro, John Lennon. Ao lado de Eric Clapton, Alan White tocou com o beatle no Festival de Toronto, em 1969. O show foi gravado ao vivo e transformado no álbum Live Peace in Toronto.

Com Lennon, White também gravou o single Instant Karma e algumas faixas do álbum Imagine, de 1971. É dele a bateria que se ouve em Imagine, a faixa de abertura do disco, que se transformou numa das canções mais populares do mundo.

Por indicação de John Lennon, Alan White trabalhou com George Harrison em All Things Must Pass, primeiro álbum que este gravou depois da separação dos Beatles. Quem toca bateria no hit My Sweet Lord é White.

Mas é outra a história mais significativa da carreira de Alan White. Ele era o baterista do Yes, um dos grupos mais importantes do rock progressivo. Estava na banda desde 1972, tendo substituído Bill Bruford quando este migrou para o King Crimson. O Yes havia terminado as gravações de Close To The Edge.

O som da bateria de Bruford marcou dois grandes álbuns do Yes (Fragile e Close To The Edge), mas, quando se pensa no grupo e, especificamente, na sua bateria, claro que a assinatura é de Alan White.

Veja também  80 músicas para festejar os 80 anos de Gilberto Gil (I). Aniversário é no domingo, 26 de junho

O baixista da banda, Chris Squire, morreu em 2015. Agora, se vai o baterista Alan White. O cantor Jon Anderson e o  tecladista Rick Wakeman já não são mais do Yes. Da formação clássica, resta o guitarrista Steve Howe.

O anúncio de que Alan White não participaria da turnê comemorativa dos 50 anos de Close To The Edge parecia indicar que algo estava errado. Hoje, vimos que sim.