Beyoncé, deliciosa como sempre, chama a gente para dançar com ela

Beyoncé, 40 anos (41 em setembro), é uma rainha absoluta do pop contemporâneo. Você pode não gostar dela, gosto não se discute, mas errará se não reconhecer seu extraordinário talento. E – me permita – não sabe o que está perdendo por não ouvi-la.

Renaissance, o novo álbum de Beyoncé, está nas plataformas de streaming. É o primeiro desde Lemonade, de 2016. Puxa, foi muito tempo sem um novo trabalho solo e autoral dessa grande artista! E é o primeiro desde que andaram decretando a morte do CD.

Veja também  Isto é o povo! Um imbecil! Um analfabeto! Um despolitizado!

Beyoncé está na capa do álbum tal como na foto que abre esse post. Lemonade era mais denso, tinha tudo a ver com um episódio de infidelidade do marido. Renaissance é dançante, um irresistível convite à dança. De um jeito ou de outro, a diva tem total domínio do que faz. Está no time dos artistas que só sabem fazer bem feito.

Ouçam America Has a Problem, uma das faixas de Renaissance.