Não é do Coldplay, muito menos do Pearl Jam. O melhor rock de todos os tempos é de…

Quinta-feira, 13 de julho, hoje é o Dia Mundial do Rock – curiosamente, uma data instituída e festejada no Brasil. A referência é o Live Aid, evento realizado em 1985 com grandes nomes do pop/rock dos Estados Unidos e da Inglaterra.

Dois fundadores: Elvis Presley e Chuck Berry. Duas bandas: Beatles e Rolling Stones. Um guitarrista: Jimi Hendrix. Uma cantora: Janis Joplin. Um poeta: Bob Dylan. Um camaleão: David Bowie. Um front man: Mick Jagger. Um roqueiro politizado: John Lennon. Um melodista por excelência: Paul McCartney. A própria encarnação do gênero: Keith Richards. Nomes, nomes, nomes. São muitos. Esses aí já dizem tudo. Ou quase tudo.

E o melhor rock de todos os tempos? Escolha difícil, mas faço a minha. Não é do Coldplay, muito menos do Pearl Jam. Hoje é Johnny B. Goode, de Chuck Berry. Amanhã pode ser outro. Então, Chuck Berry Fields Forever.

Fecho com Johnny B. Goode na incrível versão de Jimi Hendrix.