Francal destaca potencial

Empresas paraibanas irão participar de feira internacional, presidente do evento visitou o polo calçadista de Campina Grande.

O presidente da Francal – Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios, Jamir Abdala, visitou ontem Campina Grande, para conhecer o polo calçadista da cidade e destacou que esse setor tem sido visto com cada vez mais respeito pelos investidores e empresários do ramo. Ele disse que cerca de 25 marcas paraibanas deverão expor no evento, que acontece de 26 a 29 de junho, em São Paulo, onde serão apresentadas as tendências para as coleções primavera-verão.

Essa foi a primeira vez que o presidente da Francal veio a Campina Grande promover a feira e conhecer as potencialidades da região. “A Paraíba tem crescido cada vez mais nesse segmento, pois tem investido forte em qualificação. O Centro de Couro e Calçados de Campina Grande é um diferencial, pois tem capacitado o mercado produtivo, desde a sua base”, disse durante sua visita ao Centro de Tecnologia do Couro e do Calçado (CTCC) Albano Franco.

Considerado o grande encontro do ano da cadeia coureiro-calçadista, a Francal reunirá mais de mil expositores de diferentes Estados brasileiros no maior complexo para eventos de negócios da América Latina, o Anhembi. “Os estandes da Paraíba despertam cada vez mais interesse, por isso achamos conveniente vir pessoalmente fazer esse contato com os empresários locais”, afirmou Abdala.

Veja também  Gasolina tem aumento anual de 27,96%, em João Pessoa, segundo Procon

Sobre as expectativas para o setor calçadista do país, ele disse que elas são boas e que o maior entrave continua sendo o custo Brasil. “A alta carga tributária e os empecilhos para aumentar as exportações são algumas barreiras que temos que enfrentar. O calçado chinês ainda continua atrapalhando, apesar de algumas medidas terem sido adotadas para frear esse comércio desleal”, comentou.

O gerente do CTCC, Josué Casimiro, disse que a visita do presidente da Francal é um indicativo de que as empresas de calçados da Paraíba estão evoluindo. Disse ainda que o centro continuará fomentando novos negócios e a profissionalização do setor. “No Estado, a informalidade supera mais que o dobro o número de empresas formais, que são em torno de 150”, contabiliza. O gerente informou que de 5 a 7 de junho será realizada a ‘Gira Calçados’, em Campina Grande, evento que também será vitrine do calçado paraibano.