Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Livro com ensaios em homenagem aos 100 anos de Celso Furtado é lançado em João Pessoa

Por LAERTE CERQUEIRA e ANGÉLICA NUNES 

Reprodução/TV Cabo Branco

Será lançado nesta quinta-feira (15) o livro Celso Furtado 100 anos: coletânea de ensaios em sua homenagem. A obra que destaca pensamentos, reflexões e a contribuição do economista paraibano foi organizada pelo economista Celso Mangueira e pela professora da UFPB Márcia Paixão. Os dois também integram o Conselho Regional de Economia, Corecon-PB.

A publicação tem a assinatura da Editora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

A cerimônia virtual de lançamento do livro será das 10h às 12h, com transmissão pelo YouTube do Conselho Regional de Economia (Corecon-PB) e terá a participação do ex-senador da República e escritor Cristovam Buarque e da jornalista e escritora Rosa Freire d’Aguiar (viúva de Celso Furtado), além de uma breve participação de representantes dos autores, de apoiadores locais da publicação e de convidados especiais.

Entre os objetivos do evento comemorativo estão: despertar o interesse dos jovens pelo pensamento e obras de Celso Furtado,  ampliar o conhecimento público sobre a relevância da contribuição de Celso Furtado ao pensamento econômico sobre o desenvolvimento, encerrar as atividades do Conselho e seus parceiros institucionais alusivas ao centenário de nascimento de Celso Furtado e da mais visibilidade do Núcleo Multidisciplinar Celso Furtado Centro de Ciências Sociais Aplicadas da UFPB e do Corecon-PB.

Veja também  MBL processa Juliette por ato pró-Lula no show em Caruaru

A obra

A obra reúne textos de 17 autores, de instituições como as universidades federais de Pernambuco (UFPE) e do Piauí (UFPI) e a Universidade de Brasília (UnB).

“O propósito da coletânea é homenageá-lo, destacando a singularidade de sua contribuição. Sendo também uma obra comemorativa, ela promove o reencontro de intelectuais brasileiros que conviveram com o mestre, entre eles o professor Cristovam Buarque”, explicou a professora Márcia
Paixão, autora da introdução e de um dos artigos do livro.

A obra em homenagem ao intelectual paraibano que faleceu em 2004 é dividida em três partes. A primeira apresenta as ideias de Furtado e suas contribuições por meio de relatos dos autores que conviveram com ele. A segunda parte traz artigos que se apoiam em seu legado. Já a última parte é escrita por Cristovam Buarque, que reflete sobre a relevância dos ensinamentos do economista para o desenvolvimento do Brasil atual.

Celso Furtado 

Celso Furtado, paraibano de Pombal, foi um dos mais importantes economistas do país, autor do livro Formação Econômica do Brasil, que teve alcance mundial e foi traduzido para oito idiomas. Ano passado, se estivesse vivo completaria 100 anos.